PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Paraná tem mais 2.643 casos novos e 18 mortes pela Covid

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta segunda-feira (01) 2.643 novos casos confirmados e 18 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 547.827 casos confirmados e 9.971 mortos em decorrência da doença. Os casos deste informe referem-se a pacientes que estiveram ou estão com a doença entre 2 de junho e 1º de fevereiro de 2021. Os casos por data de confirmação do diagnóstico, ou encerramento (fechamento) do caso no sistema, estão distribuídos nos meses: fevereiro de 2021 são 43 e janeiro de 2021 mais 2.273. Os demais são referentes ao ano de 2020, nos meses de junho (1), agosto (1), setembro (2), outubro (7), novembro (59) e dezembro (257). O detalhamento completo está no arquivo CSV. INTERNADOS – 1.342 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados. São 1.120 pacientes em leitos SUS (588 em UTI e 532 em leitos clínicos/enfermaria) e 222 em leitos da rede particular (94 em UTI e 128 em leitos clínicos/enfermaria). Há outros 1.236 pacientes internados, 487 em leitos UTI e 749 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos. MORTES – A Secretaria informa a morte de mais 18 pacientes. São 8 mulheres e 10 homens, com idades que variam de 48 a 91 anos. Os óbitos ocorreram entre 17 de dezembro de 2020 e 1º de fevereiro de 2021. Os pacientes que morreram residiam em Curitiba (3), Londrina (3), São José dos Pinhais (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que morava em cada um dos seguintes municípios: Apucarana, Arapoti, Cascavel, Foz do Iguaçu, Marechal Cândido Rondon, Piçandu, Peabiru, Presidente Castelo Brando, Toledo, Vera Cruz do Oeste. FORA DO PARANÁ – O monitoramento registra 4.158 casos de residentes de fora do Estado. 77 pessoas morreram. Confira o informe completo clicando aqui.

Nenhum comentário: