PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277


quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Morador de Ivaiporã encaminha reclamação sobre motorista da prefeitura

Um cidadão de Ivaiporã, de nome Eliseu e outros moradores da referida cidade, sendo que o Eliseu trabalha em uma oficina de funilaria, localizada na rua Umuarama, próximo ao cemitério municipal, reclamam de um problema antigo, ou seja, segundo ele, o motorista do ônibus coletivo da prefeitura, passa em alta velocidade na via, e pode provocar uma tragédia, se ele não for orientado. Vejam a mensagem encaminhada a nossa reportagem: "Me chamo Eliseu, sou aqui de Ivaiporã, e sempre acompanho o seu blog, pela sua ética, e por sempre ficar informado de tudo o que acontece, eu gostaria de um minuto da sua atenção, para um problema que estamos tendo, se possível se puder publicar, eu trabalho numa oficina de funilaria, localizada na rua Umuarama, próximo ao cemitério municipal, sempre tivemos problemas com o motorista do ônibus coletivo da prefeitura, que passa em alta velocidade na via, eu e os vizinhos já reclamamos na prefeitura e nada acontece, até o pior acontecer, ontem no dia 12/01/2021, o rapaz que trabalha comigo, Mateus, estava próximo, ao meio fio, fazendo um orçamento, por volta das 11:00 hrs, quando o ônibus veio e o atropelou, prenssando-o em um carro estacionado, foi acionado o corpo de bombeiros e a polícia militar para os procedimentos cabíveis, o rapaiz foi levado ao hospital, para exames está bem, graças a Deus, foi mais o susto mesmo, foi feito boletim de ocorrência tudo, mais gostaria que publicassem a notícia, para ver se acabamos com esse problema, poderia ser qualquer um de nós, ou até mesmo uma criança brincando na rua, se o motorista usasse um pouco mais de prudência não teria acontecido isso. Desde já agradeço, pela atenção, segue anexo a foto que vizinhos tiraram". diz a mensagem. Não conseguimos ouvir o acusado, porque o nome dele não foi citado. Encaminhamos o fato aos assessores da prefeitura e aguardamos a resposta.

Nenhum comentário: