PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277


quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

BRDE investirá R$ milhões em Mauá da Serra


O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul liberou 125 milhões de reais em fundos para sete cidades do Paraná, através do programa BRDE Munícipios. Os recursos foram aprovados para serem investidos em projetos de energia solar, iluminação pública e infraestrutura viária. As cidades contempladas foram Arapongas, Campo Mourão, Cascavel, Florestópolis, Londrina, Mauá da Serra e Roncador. Londrina, que fica na região Norte do Estado, pretende modernizar a iluminação da cidade na aplicação de luminárias de LED. Detalhamos que no município de Mauá da Serra, região do Vale do Ivaí. será investido cerca de R$ 2 milhões. Os valores fomentam as ações promovidas pelo BRDE para a ampliação de recursos, priorizando o desenvolvimento e assistência aos municípios, viabilizando ações que minimizem efeitos da pandemia. Segundo Wilson Bley, vice-presidente e diretor de operações do BRDE, o banco vem garantindo possibilidades de desenvolvimento aos municípios de forma ágil e transparente, contribuindo para a continuidade das atividades produtivas. O BRDE tem apoiado projetos ligados às energias limpas e renováveis; gestão de resíduos e reciclagem; uso racional e eficiente da água; agronegócio sustentável e cidades sustentáveis. O Banco é uma instituição de fomento criada pelos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com o objetivo de fazer o Sul do Brasil prosperar. Apoia projetos culturais, sociais e esportivos que beneficiam milhares de pessoas e instituições, por meio das leis de incentivo. Somente de janeiro a setembro de 2020, financiou 2 bilhões e 200 milhões de reais para projetos na Região Sul que beneficiam todos os portes de empresas e setores da economia. A instituição oferece crédito de longo prazo para viabilizar investimentos a empresas de todos os setores e portes, cooperativas, produtores rurais e prefeituras, mantendo acordos com instituições internacionais de fomento para ampliar as fontes de recursos à disposição dos clientes. 

Nenhum comentário: