PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277


sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

VALE DO IVAÍ - Estado faz serviços de conservação em três rodovias

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) está realizando melhorias em duas rodovias no perímetro urbano de Borrazópolis, na região do Vale do Ivaí, já tendo concluído os serviços em uma terceira. Na PRC-466, de Borrazópolis até a ponte sobre o Rio Bom, a 12,09 quilômetros de distância, foram realizados remendos superficiais e o microrrevestimento asfáltico a frio. Agora a rodovia vai receber os serviços de sinalização horizontal. O investimento é de R$ 600 mil. Na PR-170, de Borrazópolis até o entroncamento com a PR-453, começaram os serviços de remendos superficiais e reperfilagem descontínua nos pontos críticos do trecho de 4,53 quilômetros. Devem ser investidos R$ 1 milhão. E na PR-453, do entroncamento com a PR-170 até a PRC-272, extensão de 6,5 quilômetros, foram finalizadas recentemente todas as melhorias, que incluíram remendos superficiais, reperfilagem e sinalização. O investimento foi de R$ 1,8 milhão. Os três trechos estão contemplados no lote 6 do programa Conservação de Pavimentos (COP) do DER/PR. “Borrazópolis está recebendo estes excelentes serviços de conservação, bem como outros municípios do Vale do Ivaí estão sendo atendidos pelos programas do DER”, diz o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex. “Temos muito mais planejado para a região, uma iniciativa que chamamos de remodelação do eixo estruturante do Paraná. Vamos ligar de Guarapuava a Campo Mourão e de Guarapuava a Mauá da Serra com obras de restauração do pavimento, de terceiras faixas, e de duplicação” afirma. “Temos projetos de engenharia sendo elaborados, sendo contratados e sendo licitados. São obras que vão transformar o Centro Sul, o Centro Oeste e o Vale do Ivaí”. MELHORIAS - Os remendos superficiais são executados nos locais em que o pavimento apresenta falhas como buracos ou afundamentos, mas que não chegaram a afetar sua base, sendo necessária somente a demolição da camada superior da pista, e sua substituição por uma nova camada de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). Na reperfilagem é executada uma nova camada de CBUQ sobre a pista de rolamento, sem necessidade de intervenções no pavimento existente. E no microrrevestimento é aplicada uma mistura asfáltica a frio, que ajuda a selar o pavimento contra chuvas e aumenta a aderência de pneus à pista. A sinalização horizontal consiste na pintura de faixas e linhas, e instalação de tachões refletivos. “Estamos caminhando para um novo DER, com mais resultados, mais eficiência, muito mais inovação, e isso pode ser testemunhado pela população em nossas rodovias, que estão repletas de obras e serviços de conservação”, explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti. “No ano de 2020 colocamos o programa COP para funcionar a todo vapor, trazendo mais segurança e muito mais conforto para todos os condutores e passageiros”. MUNICÍPIO - Borrazópolis concentra sua economia na produção agrícola, principalmente soja, trigo, milho, feijão e café, e na pecuária e criação de aves. Pela PRC-466 o município tem ligação com Jandaia do Sul e Maringá, enquanto pela PR-453 os moradores podem viajar para Mauá da Serra e Londrina, ou para Pitanga e Guarapuava. PROGRAMA - O programa COP contempla cerca de 6 mil quilômetros de rodovias estaduais com serviços de conservação. Somente no lote 6 serão atendidos 448,99 quilômetros de rodovias, um investimento de R$ 52,6 milhões.

Nenhum comentário: