PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277


terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Prisão de motorista de S-10 que causou 3 mortes em Ivaiporã é convertida em preventiva

O delegado Dr. Aldair, de Ivaiporã, confirmou, nesta tarde de 15 de dezembro, de 2020, que foi convertida em preventiva, a prisão do motorista da S-10, envolvido na tragédia que dizimou uma família. Segundo informações de testemunhas, o nome do detido é Claudemir Érico Nardini. Vale ressaltar que a prisão preventiva é uma medida de natureza cautelar decretada pela autoridade judiciária competente, não se confundindo com uma ação penal definida na sentença condenatória. Com isso, o acusado vai permanecer detido até o seu julgamento ou uma nova decisão. Não conseguimos contato com o advogado de defesa do acusado. O ACIDENTE- No domingo, dia 13 de dezembro, a Polícia Militar de Ivaiporã e o Corpo de Bombeiros estiveram na Rua Emílio Ganzert – sentido Vila de Furnas, onde houve um acidente de trânsito que vitimou o casal Lucas Bueno Farias Vieira (22 anos), Jaqueline Toledo Vieira (21 anos) e a filha com 1,6 meses. Lucas Vieira trabalhava no Hiper Mercado Paraná e Jaqueline Vieira trabalhava no Quiosque Sírio. Na Rua Emílio Ganzert o 2º sargento do Corpo de Bombeiros, Aécio Baía Lopes, disse que o óbito das 3 vítimas foi constatado de imediato. “Acionamos a Polícia Militar, Instituto Médico Legal, Policia Civil, Polícia Científica de Apucarana e a Copel para desligar e consertar o poste danificado pela colisão. Infelizmente, não havia o que fazermos para salvar a vida da família”, lamentou o sargento Aécio Lopes. A Polícia Militar constatou que o motorista de uma caminhonete S10, cor branca, colidiu com um Fiat Uno, cor cinza, com as 3 vítimas fatais. O motorista da S10 não sofreu ferimento algum e, por medo de ser linchado por populares, deixou a via pública e se dirigiu para residência de um conhecido – aproximadamente 100 metros do acidente. Para preservar a integridade física policiais militares encaminharam o motorista da S10 para 6ª Companhia Independente de Polícia Militar, onde contou que apenas escutou uma pancada e não viu o outro veículo. A Polícia Militar fez o teste do bafômetro e constatou 0,79mg/l de álcool no sangue – comprovando embriaguez ao volante. Em seguida, o motorista da S10 recebeu voz de prisão e foi encaminhado para 54ª Delegacia de Polícia Civil, onde será instaurado inquérito policial. (Fotos e informações do Ivaiporã em Foco e Berimbau).

Nenhum comentário: