PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Governador antecipa pagamento do 13° salário no dia 4 de dezembro


O governador Carlos Massa Ratinho Junior determinou nesta quarta-feira a antecipação do pagamento do décimo terceiro salário dos funcionários estaduais para o próximo dia 04 de dezembro. O valor será depositado integralmente na conta de aproximadamente 265 mil servidores ativos, pensionistas e aposentados. A folha adicional chega a um bilhão e 701 milhões de reais, sendo 925 milhões de reais para ativos e 776 milhões de reais de inativos. O pagamento antecipado espelha a política adotada já no ano passado e leva em consideração o esforço dos servidores públicos durante a pandemia provocada pela Covid-19. De acordo com o governador Ratinho Junior, a antecipação do pagamento é em respeito ao compromisso que o Estado tem com o funcionalismo público. O governador reforça que a medida só é possível graças à austeridade da gestão financeira do Estado, das reformas administrativas que continuam em andamento e do controle sobre o custeio da máquina mesmo em um ano de queda na arrecadação. Ratinho Junior destaca que o governo manteve prioridade para investimentos relevantes e programas de apoio aos mais vulneráveis, como o Cartão Comida Boa, a manutenção da distribuição das merendas nas escolas e a conclusão de três hospitais regionais para atendimento contra a Covid-19. Segundo o governador Ratinho Junior, o pagamento antecipado vai injetar montante significativo na economia do Paraná e auxiliar a indústria, o comércio e o turismo. O governador ainda disse que o Paraná enfrenta inúmeras dificuldades, mas está vencendo as batalhas com a cooperação dos servidores públicos e um esforço contínuo para controle das finanças estaduais. Ratinho Junior lembrou que o Estado conseguiu negociar dois grandes empréstimos em 2020, no valor de um bilhão e 600 milhões de reais para obras em infraestrutura e um bilhão de reais para quitação de precatórios, porque tem selo de bom pagador na esfera federal. Ele disse que o governo manterá o controle rígido das contas públicas para garantir novos investimentos e a manutenção das políticas públicas. Conforme a Secretaria de Estado da Fazenda, a queda de arrecadação do ICMS até outubro deste ano foi de um bilhão e 350 milhões de reais em relação ao montante arrecadado no mesmo período de 2019. O último mês, no entanto, já mostrou recuperação, com desempenho 9,1% superior ao montante arrecadado em outubro de 2019, número similar ao primeiro mês do ano, em um cenário de normalidade. 

Nenhum comentário: