PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277


terça-feira, 3 de novembro de 2020

APUCARANA - Coleta de resíduos têxteis chega a 300 toneladas


O serviço de coleta de resíduos têxteis, implantado no início de agosto pela Prefeitura de Apucarana, já recolheu mais de 300 toneladas de tiras, retalhos, linhas e outros resíduos descartados pelas indústrias de roupas, confecções, bonés, entre outros produtos têxteis. Sem custo para os cofres públicos e empresários, a coleta ocorre diretamente nas indústrias do vestuário, através de uma empresa credenciada pela administração municipal, e também por intermédio de um ecoponto junto ao “box 19” do antigo IBC da Vila Nova. O prefeito Júnior da Femac salienta que o apoio ao setor produtivo e a proteção ao meio ambiente devem caminhar juntos. “Economia, geração de emprego e renda, e qualidade de vida precisam estar em harmonia. O descarte irregular de resíduos da indústria têxtil era um problema que vinha sendo debatido há anos e que a atual administração municipal buscou solução. Com o credenciamento de uma empresa especializada, a custo zero para prefeitura e empresários, temos hoje um serviço modelo e referência para o país na área de logística reversa e destinação ambiental de resíduos da indústria têxtil”, afirma o prefeito. O presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Jayme Leonel, e que também já foi presidente de sindicato ligado ao vestuário, ratifica que a solução encontrada pela prefeitura era buscada há anos. “Desde há muito tempo defendíamos uma medida eficaz por parte do poder público municipal. Essa alternativa encontrada pelo prefeito Júnior da Femac e sua equipe técnica tem demonstrado ser muito uma solução boa e definitiva, atendendo as necessidades do setor e por isso muito importante para toda a sociedade e para a preservação do meio ambiente”, reconheceu o empresário. A gerente da ArtLivre Bonés, Josiane Michelin, elogiou o atendimento oferecido pela empresa credenciada pela prefeitura. “O recolhimento é feito com agendamento e a equipe é muito qualificada. Os resíduos coletados são muito bem protegidos e embalados. O serviço é excelente, realmente de qualidade”, avalia a gerente da empresa localizada no Jardim Paineiras. “Sempre destinamos corretamente os resíduos e este serviço gratuito viabilizado pela prefeitura veio facilitar e contribuir muito com as empresas do setor”, disse Josiane. Os três primeiros meses de trabalho da empresa Ecovip também foram bem avaliados pelo secretário Municipal de Meio Ambiente, Sérgio Bobig. “Desde que o serviço teve início, em agosto, não tivemos mais nenhuma denúncia de grande descarte irregular, sinal da grande adesão dos empresários e da eficiente cobertura feita pela empresa credenciada. Os poucos casos registrados neste período não foram efetuados por empresas e estamos atuando firme para coibir”, pontuou Bobig, salientando que o serviço viabilizado pela prefeitura é um grande avanço na preservação do meio ambiente. “A quantidade de resíduos têxteis que era descartado irregularmente na periferia da cidade era muito grande, causando um impacto ambiental negativo”, lembra o secretário. Segundo ele, os empresários tinham um custo para a destinação correta desses resíduos em aterro industrial. “Alguns deles, para não arcar com essa despesa, infelizmente não hesitavam em descartar no meio ambiente”, recorda. Após ser coletado nas indústrias, o material é desfibrado para se tornar fio de algodão, uma matéria prima usada na fabricação de redes, tapetes, barbantes e artesanato em geral. Já as partes que não servem para fio de algodão, são utilizadas na confecção de forro automotivo. “Hoje apenas uma pequena porcentagem de resíduos, que não tem como ser reciclada, é destinada para o aterro industrial”, finaliza Sérgio Bobig, secretário Municipal de Meio Ambiente. O recolhimento dos resíduos nas indústrias é feito mediante agendamento pelo WhatsApp (43) 99983-6959 ou pelo 0800-883-6251 (ligação gratuita).

Notícias Apucarana

Nenhum comentário: