PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

segunda-feira, 12 de outubro de 2020

Menina de 5 anos corta cabelo de bonecas e doa para mulher com câncer, em Maringá

Em Maringá, uma menina de apenas 5 anos resolveu cortar os cabelos de todas as suas bonecas para doar para a “tia Eliana”, uma grande amiga de sua mãe, que enfrenta uma batalha contra o câncer de mama desde junho. Tainá Barros Waterkemper tomou a decisão sozinha e emocionou a todos, de acordo com a mãe Silvana Tereziano Barros, de 39 anos.

“Ela veio me mostrar os cabelos das bonecas e fiquei surpresa pela quantidade. Perguntei: você cortou de quantas bonecas? Ela disse: de todas! Então perguntei por que e ela respondeu: Porque quero dar para a tia Eliana fazer uma peruca. Me senti calma, dei risada e validei a ação dela perguntando se queria mandar áudio para a tia informando o que ela tinha feito, e na hora ela mandou. Também afirmou que se a tia não quisesse não tinha problema, pois ela estava linda careca”, disse a mãe em entrevista ao GMC Online.

No dia seguinte, a fisioterapeuta Eliana Chichanoski, de 43 anos, foi buscar as mechas de cabelo das bonecas. “Quando recebi a foto das bonecas e um áudio da Tainá dizendo que havia cortado o cabelo das bonequinhas dela e queria doar para mim, fiquei muito emocionada e me senti muito amada. Um amor tão puro e verdadeiro que só  poderia vir do coração inocente de uma criança. Fui no dia seguinte buscar os cabelos, afinal não poderia deixar de agradecer pessoalmente um gesto tão lindo”, conta.

Eliana é amiga da Silvana há cerca de sete anos e acompanhou o crescimento da Tainá desde a barriga. “Atendi a Silvana no meu estúdio de pilates e desenvolvemos uma amizade. Quando ela ficou grávida, cuidei dela durante toda a gestação, então conheço a Tainá desde a barriga”, lembra.

E a atitude de Tainá não foi em vão. As mechas serão muito bem aproveitadas, segundo Eliana. “Logo os cabelos estarão em uma tiara para que eu possa usar e mostrar para a Tainá que seu gesto não foi em vão. Ela gostaria de vê-los em mim, então não irei desapontá-la”, frisa a fisioterapeuta. 

De acordo com a mãe da Tainá, a “travessura” da filha é motivo de orgulho para a família. “Meu coração se encheu de alegria. Ela é muito especial. Sei que algumas mães pensam que isso é uma travessura, cortar assim os cabelinhos das bonecas, mas aqui em casa eu deixo ela à vontade para brincar, inventando a moda que ela quiser com os brinquedos que são dela”, finaliza Silvana.


GMC online

Nenhum comentário: