PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Maringá recebe obra na Delegacia de Homicídios e nova Central de Flagrantes

Maringá, no Noroeste do Paraná, conta agora com uma Delegacia de Homicídios reestruturada e uma nova Central de Flagrantes. A inauguração das estruturas, dentro do complexo da 9ª Subdivisão Policial de Maringá, ocorreu nesta sexta-feira. Foi realizado um trabalho de reforma na estrutura, com custo aproximado de 200 mil reais. O investimento foi feito com recursos do fundo rotativo da própria delegacia, Procuradoria do Trabalho e Conselho de Segurança de Maringá. Segundo o secretário Rômulo Marinho Soares, uma unidade totalmente reformada funciona como um incentivo ao trabalho dos policiais. O delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, afirmou que esta é mais uma iniciativa dentro do planejamento estratégico da instituição. O prédio da 9ª Subdivisão Policial de Maringá era antigo e, para melhorar o atendimento ao público, o local passou por uma reforma para criação de salas, colocação de pisos e novas mobílias. Até essa inauguração, Maringá não tinha um local adequado para a Central de Flagrantes e, com isso, será possível dar maior celeridade aos atendimentos no local. O delegado-titular da 9ª Subdivisão Policial de Maringá, Adão Vagner Loureiro, reforçou que este esforço reflete diretamente na prestação de serviço ao cidadão. A Delegacia de Homicídios de Maringá já funcionava na 9ª Subdivisão antes da reforma. O delegado-titular da unidade comentou que uma melhor estrutura colabora para que o índice de elucidação de crimes na região continue alto. Já para o titular da Delegacia de Homicídios de Maringá, Diego Elias de Freitas, a obra é um grande trabalho conjunto, que contou com o apoio da 9ª subdivisão, da Divisão de Polícia do Interior, do Departamento da Polícia Civil, da Secretaria da Segurança Pública e do Governo do Estado. Outras informações sobre os trabalhos de modernização das estruturas de segurança pública no Paraná podem ser acompanhadas em www.aen.pr.gov.br

Nenhum comentário: