PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

APUCARANA - Ranking coloca Apucarana entre as melhores cidades do Brasil para viver e envelhecer


Viver em Apucarana é garantia de envelhecer com qualidade de vida. É o que revela a segunda edição do Índice de Desenvolvimento Urbano para a Longevidade (IDL), um estudo realizado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, em parceria com a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP). A iniciativa, que avaliou 876 cidades brasileiras nos quais vivem 160 milhões de brasileiros, aferiu a capacidade do município em atender às necessidades básicas de vida, destacadamente dos adultos mais idosos. O estudo, divulgado nesta semana, apontou que Apucarana é a quinta cidade paranaense em longevidade, sendo a 18ª do Sul do Brasil e a 61ª melhor no país para viver e envelhecer. O resultado, que identifica o grau de bem-estar oferecido por Apucarana aos adultos maiores de 60 anos, foi analisado pelo prefeito Júnior da Femac. “Há quase oito anos estamos construindo uma cidade igualitária, participativa, que visa atender a todos com dignidade. As ações de gestão são tomadas para atender as necessidades do cidadão em todas as faixas etárias, a partir de políticas públicas que abrangem a assistência social, lazer, cultura, esporte, mobilidade urbana, entre outras áreas. Este ranqueamento, que classifica Apucarana como a quinta do Paraná é uma das melhores do Brasil para viver e envelhecer, confirma que estamos promovendo administração pública de qualidade”, pontua o prefeito. Júnior cita iniciativas de atenção ao idoso desenvolvidas dentro do Programa Municipal Viver +80, que contribuíram para o posicionamento de destaque de Apucarana, colocando apenas Curitiba, Maringá, Cambé e Londrina à frente da cidade em nível estadual. “Na gestão das políticas públicas contamos com envolvimento de diversas secretarias municipais e um Conselho Municipal do Idoso atuante. Na assistência social, destaque para o Centro de Convivência do Idoso que desenvolve atividades especializadas ao longo de toda a semana, mais de 40 Grupos Conviver que atendem a mais de mil pessoas em todas as regiões da cidade e o Centro Dia (atendimento especializado a idosos, onde a pessoa recebe atenção de uma equipe multidisciplinar). No esporte, lazer e cultura, a prefeitura oferece atividades de natação e hidroginástica com piscina aquecida no Complexo Lagoão e, em breve, no Centro da Juventude. Aulas de zumba e danças latinas, bailes semanais no Sesc e no Centro de Atendimento ao Idoso, do Jardim Aeroporto, além da instalação de academias ao ar livre (AAL) em diversos pontos de Apucarana. Passeios dirigidos aos parques e outros pontos turísticos e de lazer, atividades culturais diversas, com destaque ao Miss Terceira Idade. Na saúde, nossas unidades básicas de saúde também dispensam atenção especial a este público, sem contar com o Centro de Dermatologia da Autarquia de Saúde, que disponibiliza cuidados ao cidadão da terceira idade”, enumerou o prefeito Júnior da Femac, salientando que na infraestrutura urbana a prefeitura mantém construção de calçadas, pistas de caminhada e rampas de acessibilidade no centro, bairros, parques municipais, além de prédios públicos para privilegiar a população idosa e outros cidadãos com mobilidade reduzida. A secretária Municipal da Assistência Social, Ana Paula Nazarko, também analisou o resultado do Índice de Desenvolvimento Urbano para a Longevidade (IDL) 2020. Ela destaca que o estudo se baseou em sete variáveis: Cuidados de Saúde; Bem-Estar; Finanças; Habitação; Cultura e Engajamento; Educação e Trabalho; e Indicadores Gerais, além de outros 50 indicadores individuais oriundos de fontes oficiais públicas. “Dentro da assistência social os idosos têm sido prioridade, com atividades de garantia de direitos, de segurança, com ações de convivência e fortalecimento de vínculos social e familiar”, reforçou Ana Paula. Para a secretária Municipal da Promoção Artística, Cultura e Turística de Apucarana (Promatur), Maria Agar Borba, a boa avaliação do município no índice de longevidade da população é gratificante para a administração municipal. “Sabemos que essa excelente colocação se deve a muitos fatores, sobretudo as políticas públicas municipais desenvolvidas atualmente, que são abrangentes e atendem a todos os segmentos da sociedade. No setor cultural, temos muitos idosos entre os 1.600 munícipes, participando das atividades, envolvidos em dança, música, teatro, além de prestigiarem espetáculos ofertados gratuitamente durante todo o ano. É a Cultura contribuindo para uma cidade mais feliz”, disse a secretária. Ao avaliar a colocação de Apucarana no ranking, o secretário Municipal de Esportes, José Marcelino da Silva (Grilo), também pontuou a amplitude dos programas municipais. “A prefeitura tem estado presente do bairro ao centro com muitas atividades físicas especialmente elaboradas para os idosos, isso colabora para a qualidade de vida e, certamente, somou para esta avaliação positiva da cidade em nível nacional”, disse. O Instituto de Longevidade Mongeral Aegon é uma instituição sem fins lucrativos que tem como missão discutir os impactos sociais e econômicos do aumento da expectativa de vida no Brasil. Segundo projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas em 2020 o número de cidadãos com mais de 60 anos vivendo no Paraná irá crescer 4,05%. A projeção populacional para o Paraná em 2020, produzida pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), mostra que 83 dos 399 municípios têm mais de 20% de idosos. A maioria dessas cidades é de pequeno porte, com menos de 10 mil habitantes. Entre os grandes centros (mais de 40 mil moradores) com maior proporção de idosos do que a média paranaense estão Cornélio Procópio (20,7%); Paranavaí e Londrina (17,9% cada); Umuarama e Maringá (17,2%); Apucarana e Ibiporã (16,9%); Cambé (16,6%), Marechal Cândido Rondon (16,5%), Curitiba (16,4%); Campo Mourão e Rolândia (16%).
Ranking Paraná IDL 2020

1º - Curitiba
2º - Maringá
3º - Cambé
4º - Londrina
5º - Apucarana
6º - Umuarama
7º - Cascavel
8º - Pinhais
9º - Arapongas
10º - Campo Largo

Principais iniciativas da prefeitura de atenção à melhor idade

- Conselho Municipal do Idoso atuante
- Centro de Convivência do Idoso
- Grupos Conviver
- Centro Dia (atendimento especializado a idosos)
- Centro de Dermatologia
- Natação e hidroginástica com piscina aquecida no Lagoão e, em breve, no Centro da Juventude
- Aulas de zumba e danças latinas
- Bailes semanais no Sesc e no Centro de Atendimento ao Idoso do Jardim Aeroporto)
- Construção de calçadas, pistas de caminhada e rampas de acessibilidade no centro, bairro e parques municipais, além de prédios públicos
- Passeios dirigidos de idosos aos parques e outros pontos turísticos e de lazer
- Atividades culturais diversas com destaque ao Miss Terceira Idade

Nenhum comentário: