PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

terça-feira, 1 de setembro de 2020

INTERNACIONAL - Jovem engole alfinete, mas só percebe quando ele perfura o seu coração


Um estudo publicado em 29 de julho no The Journal of Emergency Medicine trouxe o relato de um adolescente de 17 anos que foi até um pronto-socorro, após ficar três dias sentindo fortes dores no peito. Lá, ele fez um eletrocardiograma que indicou que alguma coisa não estava bem com seu coração. Por isso, em seguida, foi submetido a novos exames. Contudo, foi por meio de uma tomografia computadorizada de tórax que veio a surpresa: havia um "um objeto estranho metálico linear", —um alfinete de 3,5 cm, alojado na parede inferior do miocárdio do ventrículo direito, no nível do diafragma. Este é um caso raro segundo a literatura médica.

Inicialmente, o adolescente negou a possibilidade de ter engolido um alfinete, mas depois acabou confessando que poderia ter acontecido, sem que ele percebesse, enquanto confeccionava suas próprias peças de roupa. No primeiro dia após a ingestão, ele teve náuseas, vômito e diarreia. Além disso, a dor no peito piorava quando estava deitado e inspirava profundamente. Já no dia seguinte a dor piorou, seguida de fadiga, falta de ar, calafrios e tontura. Os sintomas então continuaram e, no terceiro dia, ele procurou ajuda.

O jovem precisou passar por uma cirurgia para retirada do objeto. De acordo com os especialistas, corpos estranhos são comumente encontrados em crianças pequenas, ingeridos de modo acidental ou até intencional, mas não sem que a pessoa percebesse, —ainda mais tratando-se de um objeto como um alfinete. Esse tipo de situação traz um alerta para casos de pericardite, um processo inflamatório que afeta a membrana que recobre e protege o coração. Além disso, destaca as complicações potencialmente devastadoras da ingestão de objetos e afirma a gravidade de ingeri-los.


As informações são do Portal Uol

Nenhum comentário: