PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Banco de perucas é inaugurado em Ivaiporã


Um projeto, realizado em parceria entre a ASR (Associação das Senhoras de Rotarianos), Acisi Mulher e grupo Flor de Lótus, com o apoio do Rotary Club Ivaiporã, Rotary Club Ivaiporã Integração e a Acisi (Associação Comercial Industrial e Serviços de Ivaiporã), teve seu lançamento oficial no sábado, dia 29 de agosto, na Casa da Amizade de Ivaiporã.

Participaram da solenidade, a presidente da ASR, Ione Albuquerque Muchiuti; a presidente da Acisi Mulher, Luciane Barreto; a representante do Grupo Flor de Lótus, Angelita Hungria Pinto Kozan; o presidente do Rotary Club Ivaiporã, Marco Esquiçato; e o ex-presidente do Rotary Club Ivaiporã Integração, Celso Celestino da Silva.

A presidente da ASR, Ione Muchuiti, disse que a união das entidades será muito importante para fazer algo em prol das mulheres que estão passando pelo tratamento de quimioterapia, que é muito doloroso. “Sabemos que o cabelo é a moldura do rosto da mulher e o principal objetivo desse projeto é melhorar a autoestima da pessoa que passa por um tratamento que machuca bastante e afeta esse sentimento”, comenta.

Ela pede que as pessoas façam a doação de cabelo para a confecção de perucas, que serão cedidas às mulheres que estão em tratamento contra o câncer. O corte pode ser feito em qualquer salão, mas o cabelo precisa ter pelo menos 15 centímetros de comprimento e estar seco. Cabelos com química também pode ser doados e não importa se são crespos, ondulados ou lisos.

A entrega dos cabelos poderá ser feita na Casa da Amizade, no sábado, das 9h30 às 10h30, nos salões parceiros da ação ou entrar em contato pelo fone (43) 3472-1973 para agendar o dia de retirada da doação. “Todas as pessoas que zerem a doação receberão um certificado de reconhecimento da campanha”, frisa Ione.

Luciane Barreto destaca que o projeto não irá beneficiar apenas mulheres que residem em Ivaiporã, mas também de outras cidades da região. “Sabemos que o tratamento é difícil para as mulheres e ter este banco de perucas aqui em Ivaiporã ajudará muito”, ressalta.

A representante do grupo Flor de Lótus, Angelita Hungria Pinto Kozan, ressalta que quando a pessoa passa pelo tratamento contra o câncer, ela sobre um constrangimento muito grande, por estar sem o cabelo. “O tratamento é forte e precisamos dar um tempo para o corpo, o cabelo vai voltar a crescer, mas nesse período a mulher sente muito, por isso, a peruca é tão importante, pois quando ela coloca a peruca e se olha no espelho, ela se identifica novamente e sente a sua essência ali”, ressalta.


Paraná Centro

Nenhum comentário: