PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Previsão do tempo: veja onde volta a esquentar neste início de semana


 Segunda-feira, 24

Sul

Na segunda-feira, o tempo fica completamente firme no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e na maior parte do Paraná, com exceção do litoral paranaense. Isso acontece porque tem uma região de alta pressão atmosférica no Oceano, que joga ainda umidade para a costa do Paraná. Além disso, destaque para a subida das temperaturas tanto pela manhã quanto à tarde, com a intensificação dos ventos que sopram do quadrante norte, gerando sensação térmica mais agradável.

Em grande parte da região Sul, ainda tem rajadas de vento entre 40 e 50km/h. Previsão de nevoeiro nas primeiras horas do dia no leste do Rio Grande do Sul e da capital de SC até o leste do Paraná.

Sudeste

O dia tem gradativo aumento das temperaturas, em comparação com o dia anterior em todo o Sudeste, com exceção dos pontos mais altos de Serra, onde o tempo mais aberto da madrugada favorece rápido declínio das temperaturas da manhã. No entanto, a sensação de frio continua, na maior parte do estado paulista, do Rio, centro-sul-leste de Minas e no sul do Espírito Santo. No entanto, a chuva se afasta cada vez mais e passa ser mais fraca e pontual no litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. 

Grande parte de São Paulo já tem aberturas de sol e breve elevação dos termômetros, sobretudo à tarde, mas como mencionado anteriormente, a sensação de frio continua. Porém, com a presença de um sistema de baixa pressão atmosférica na costa entre Sudeste e Nordeste, tem previsão de chuva volumosa para o Espírito Santo e rajadas de vento de mais de 70 km/h, assim como é esperado no norte do Rio de Janeiro. Por fim, tem previsão de nevoeiro novamente, nas primeiras horas do dia, de Registro, no estado de São Paulo à Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Centro-Oeste

Uma região de alta pressão atmosférica em médios e altos níveis da troposfera sobre o Centro-Oeste mantém o tempo firme na Região. O sistema inibe a formação de nuvens carregadas e garante sol em boa parte do dia. Com os ventos soprando do quadrante norte, as temperaturas se elevam bastante à tarde e a umidade relativa do ar cai para valores abaixo dos níveis críticos, em especial do norte do Mato Grosso do Sul à Goiás e Mato Grosso.

Nordeste

A chuva volta a ser mais expressiva no sul à costa baiana, até mesmo na Região Metropolitana de Salvador. Isso acontece por causa de uma área de baixa pressão atmosférica entre a costa norte do Rio de Janeiro, Espírito Santo e sul da Bahia, conhecida como ciclone subtropical, além dos ventos que sopram em altitude. Há previsão de rajadas de vento de mais de 70 km/h no litoral da Bahia. Interior da região sem mudanças no tempo, muito quente e seco. Demais capitais da faixa leste e no oeste e norte do Maranhão com pancadas pontuais de chuva, intercaladas com períodos de sol e termômetros agradáveis.

Norte

Dia de tempo seco predominando sobre grande parte da Região Norte do Brasil, que vai do Acre até Tocantins. Com índices muito baixos de umidade do ar previstos do sul do Acre e do Amazonas até o sul de Tocantins. Nessas áreas faz calor à tarde, até nos estados de Rondônia e Acre, em que sentiram a friagem nos últimos dias, onde a massa de ar de origem polar chegou por lá, e a tarde esquenta também nas localidades em que deve chover. Aliás, a chuva é forte e com trovoadas nos estados de Roraima, norte do Amazonas, Amapá e também no norte e centro do Pará.

Terça-feira, 25

Sul

O tempo segue firme na maior parte da região Sul. Vai desde o sul gaúcho até o norte do Paraná. A umidade que vem do mar ainda traz chuva fraca no final do dia no litoral paranaense.

Destaque para o início do dia com nevoeiro desde o nordeste de Santa Catarina, pegando a sua capital, e o centro leste do Paraná, incluindo Curitiba, por conta das baixas temperaturas e da alta umidade. As temperaturas sobem um pouco mais com relação aos dias anteriores, mas a sensação de frio ainda segue pela madrugada e manhã. Atenção para os ventos fortes que chegam aos 80 km/h nos litorais gaúchos e catarinenses.

Sudeste

Na terça-feira, uma área de baixa pressão atmosférica ainda atua na costa do litoral do Espírito Santo, assim como no litoral norte do Rio de Janeiro, com isso tem risco para pancadas de chuva no decorrer do dia, mas é no final que fica mais forte. Atenção as rajadas de vento de mais 80 km/h previstas nessas áreas, assim como em todo o Espírito Santo

No litoral paulista e em grande parte do Rio de Janeiro, ainda chove, só que de maneira mais fraca, ao longo do dia e intercalada por períodos de melhoria. As temperaturas mínimas do dia seguem baixas, e a madrugada fica mais fria do sul ao centro de Minas Gerais. E à tarde as temperaturas se elevam em comparação com os dias anteriores. Mesmo assim, a sensação de frio continua, de Registro, no estado de São Paulo ao Rio de Janeiro, passando pelo sul e leste mineiro. Por fim, tem previsão de nevoeiro novamente, nas primeiras horas do dia, de Registro, no estado de São Paulo à Região Metropolitana de São Paulo, passando pelo litoral sul paulista.



Canal Rural

Centro-Oeste

Terça-feira com previsão de tempo firme mais uma vez em toda a Região Sul. Ainda por conta da área de alta pressão atmosférica em níveis médios da atmosfera. Assim, com o sol predominando, volta a esquentar à tarde mais do que nos dias anteriores, além disso, no mesmo período, a umidade do ar volta a cair, e ficar bem abaixo dos 30%, o que é prejudicial à saúde e ajuda nas ocorrências de novos focos de queimadas. E a região mais seca é entre Mato Grosso e Goiás.


Nordeste

Terça-feira com previsão de chuva em toda a costa leste do Nordeste e no norte do Maranhão. As pancadas são mais isoladas no norte maranhense, por conta da umidade que vem do mar e de instabilidades que se formam associadas ao calor e dos ventos em altos níveis, e de maneira mais forte entre Sergipe e o leste de Pernambuco, nessas áreas tem influência de um cavado na região (que é causado pela ondulações atmosféricas, neste caso, acima dos 10 km de altura, onde relativamente há uma região alongada de uma relativa baixa pressão), além da área da baixa pressão atmosférica, que também ajuda diretamente na chuva do litoral baiano. O norte do Ceará ao oeste baiano, o tempo segue firme, com elevadas e baixa umidade do ar. Atenção mais uma vez as rajadas de vento, de mais de 80km/h no leste e sul da Bahia.


Norte

Terça-feira com previsão de pancadas de chuva no norte do Amazonas, em Roraima, Amapá e norte do Pará. Essas instabilidades são de maneira forte, ao longo do dia e acompanhadas por descargas elétricas. Do oeste do Acre até Tocantins, o tempo segue seco e ensolarado, com baixos índices de umidade do ar, o que aumenta os riscos para formação de focos de queimadas.

Nenhum comentário: