PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

terça-feira, 4 de agosto de 2020

IVAIPORÃ - Prefeitura pede à população para evitar descarte de lixo e móveis em espaços inadequados

A Prefeitura de Ivaiporã investe no Departamento Municipal de Meio Ambiente – Setor de Serviços Urbanos visando cumprir a Lei de Crimes Ambientais e manter o município limpo. Apesar da coleta de lixo orgânico e reciclável é possível se deparar com diversos tipos de descarte irregular tanto na área urbana como na zona rural. Na estrada entre a antiga Serraria do Adail e Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) foram descartados lixo orgânico e reciclável, como 2 sofás e banco de veículo. “Limpamos esta estrada mais de 15 vezes. Quem for pego descartando lixo a céu aberto está sujeito a pagar de 1 a 30 UFI [Unidade Fiscal de Ivaiporã]. Ou seja, a multa varia de R$74.35 a R$2.230. É complicado manter a cidade limpa quando parte da população não colabora”, lamentou o coordenador do Setor de Serviços Urbanos, Valdinei Szlapak, que recebe denúncias anônimas frequentemente. No entanto, quem denuncia dificilmente fotografa ou filma a ação criminosa, o que dificulta a identificação do infrator. Segundo Valdinei Szlapak as repetidas situações de descarte atrapalha a execução de outros serviços uma vez que é necessário deslocar equipes e maquinários. Por isso, a administração municipal pede à população para evitar descarte de lixo e móveis em espaços inadequados, e incentiva à preservação do meio ambiente. Conforme a Lei Federal 9.605/1998, que regulamenta crimes ambientais, quem for flagrado poluindo o meio ambiente fica sujeito à multa e prisão. 

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã – Lúcia Lima

Nenhum comentário: