PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

COMPANHEIRO MAIS FIEL - Cachorro está há 8 meses morando no túmulo do dono no Cemitério de Maringá


Um cachorro vira-lata, dócil e muito simpático está dando uma lição de amor e companheirismo a quem visita o Cemitério Municipal de Maringá. Neguinho, como foi carinhosamente apelidado pelos funcionários do cemitério, está há pelo menos 8 meses cuidando do túmulo do dono que foi sepultado no local. 

O cãozinho apaixonado pelo dono ganhou o amor e o respeito dos funcionários do cemitério, que estão cuidando e alimentando o animal. Sylviane Lima, comunicadora do mercado publicitário em Maringá, se surpreendeu com a história do Neguinho ao visitar o cemitério esta semana. Sylviane fez um registro e publicou em suas redes sociais. 

“Quando a gente vê aquele cachorrinho deitado em cima daquele túmulo onde o dono foi enterrado eu imagino que ele espera que o dono volte, acorde e saia dali. Essa semana que passou choveu muito e ele estava ali. É muito lindo ver o amor desse cachorrinho pelo dono. Não tenho nem palavras. Mexe muito com a gente uma cena dessas. É amor puro. Temos muito o que aprender com esses bichinhos”, disse Sylviane, que se emocionou ao ver a cena no cemitério. 

A administração do Cemitério Municipal de Maringá se solidarizou com o animal. Segundo Fábio Roberto Alves de Oliveira, um dos administradores, Neguinho está no local desde o dia do sepultamento. Ao ver tanto amor no olhar do animal os funcionários decidiram cuidar dele. 

“Desde o dia em que o dono foi sepultado ele está ali no túmulo. Ele sai, anda pelo cemitério e depois volta e fica lá. As meninas que cuidam da limpeza aqui do cemitério são muito apegadas a ele e a gente acabou meio que adotando. Virou um mascote nosso aqui. É bonito de ver o amor que ele sente pelo dono viu”, contou Oliveira. 

Neguinho virou o xodó dos funcionários do cemitério e o mesmo amor que ele sente pelo dono, agora, recebe dos visitantes e trabalhadores do local. Nos dias de chuva, o animal se abriga numa área coberta do cemitério, mas quando sai o sol, Neguinho já corre cuidar do túmulo do dono. 

A família do dono do Neguinho não foi localizada pela reportagem para comentar a história de amor entre eles.


As informações são do Portal GMC

Nenhum comentário: