PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Carro fura sinal vermelho, bate em motocicleta e arrasta homem por 20 metros

Um carro bateu em uma motocicleta e arrastou um motoboy por 20 metros no bairro Mercês, em Curitiba, na noite desta terça-feira (26). O homem, que trabalhava no momento do acidente para uma pizzaria, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

MOTOBOY MORRE EM ACIDENTE DE TRÂNSITO NO BAIRRO MERCÊS

De acordo com a PMPR (Polícia Militar do Paraná), o automóvel transitava pela Rua Brigadeiro Franco, no sentido bairro, quando avançou o sinal vermelho no cruzamento com a Rua Júlia Wanderley, no bairro Mercês, e atingiu a motocicleta. Após a colisão com a motocicleta, o motorista do carro arrastou o motoboy por, aproximadamente, 20 metros.

“Ele disse que passou no sinal amarelo e que assim que percebeu o acidente, tentou frear, mas algumas testemunhas nos relataram que o sinal estava vermelho para o automóvel”, afirmou o Capitão Goulart, da PMPR.

Ainda segundo informações da polícia, o carro arrastou a motocicleta por 70 metros até parar o automóvel. “Isso em uma subida, então, denota que a velocidade dele era considerável ou então, por alguma razão, ele acelerou após a batida“, explicou Goulart.

O entregador de pizza, de 44 anos, sofreu múltiplas fraturas e morreu no local. A equipe do Corpo de Bombeiros precisou pedir apoio de uma equipe policial porque testemunhas do acidente queriam agredir o condutor do veículo.

“Ele realizou o teste do bafômetro, não foi constatado ingestão de bebida alcoólica…o exame apontou zero. Agora, a gente vai encaminhar esse exame junto ao boletim de ocorrência”, disse o Tenente Bernadi, da BPTRan.

Após o preenchimento do B.O, o motorista foi encaminhado para a Delegacia de Delitos de Trânsito para prestar depoimento. A polícia deve analisar imagens de câmera de segurança para confirmar qual versão do acidente no bairro Mercês é a correta.

Se for constatado que o condutor furou o sinal vermelho, ele pode responder por homicídio culposo, quando a pessoa comete o crime sem a intenção de matar, mas assume o risco.


Band TV


Nenhum comentário: