PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Beneficiários do Comida Boa têm até sexta-feira para utilizarem saldo


Os beneficiários do Cartão Comida Boa têm prazo até sexta-feira (7) para usarem o saldo remanescente dos vouchers. A partir do dia 8, os valores serão zerados, em razão de o Decreto 5.069, publicado em 7 de julho, ter prorrogado o benefício por um mês, a contar daquela data.

O Comida Boa é uma ajuda emergencial, criada a partir da determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior de que fosse garantido o bem-estar da população. Durante três meses, foi concedido o valor de R$ 50,00 para pessoas economicamente vulneráveis comprarem gêneros alimentícios no comércio previamente cadastrado. Os recursos vieram do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza.

Complemento

Este foi talvez um dos maiores programas de auxílio às pessoas em situação de vulnerabilidade”, afirmou o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.

“E também conseguimos garantir um pouco mais de rendimento a estabelecimentos comerciais que igualmente estavam em dificuldade, colocando milhões em recursos nos municípios.”

Segundo o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Mauro Rockenbach, todas as determinações do governador foram satisfeitas. “O Comida Boa veio para complementar os recursos do Governo Federal e garantir o acesso à comida nas mesas das famílias paranaenses”, disse. “Trabalhamos para levar condição aos paranaenses, garantindo alimentação e estabilidade, enquanto esse momento ruim da pandemia não passa”.

Facilidade
Aproximadamente 800 mil pessoas foram beneficiadas com os vouchers e puderam levar todo o mês um pouco de alimento para suas famílias.

Mercados

De outra parte, o programa movimentou o comércio dos 399 municípios paranaenses desde abril. Durante esse período, 6740 estabelecimentos comerciais foram cadastrados para as vendas aos beneficiários do cartão. Os mercados registraram aproximadamente 3 milhões de transações comerciais.

Com isso, até a noite desta quinta-feira (30) tinham sido injetados cerca de R$ 110 milhões na economia paranaense, diluídos em todos os municípios do Estado. Na semana que ainda resta do programa, há possibilidade de serem realizados mais R$ 7 milhões em gastos.

União social

O auxílio governamental foi entregue a moradores do Paraná inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal e que atendiam requisitos estabelecidos na regulamentação do programa. Também foram contemplados autônomos e microempreendedores individuais que tiveram a renda momentaneamente afetada pela pandemia.

Além das entidades públicas estaduais, contribuíram para o sucesso do Comida Boa a cooperação de todas as prefeituras, da Associação Paranaense de Supermercados, de centenas de empreendimentos comerciais espalhados pelo Estado, várias entidades filantrópicas, movimentos sociais e igrejas que se dispuseram a ceder o espaço para entrega dos cartões.

Nenhum comentário: