PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Apucarana busca viabilizar casa indígena junto ao governo do Estado


O projeto de criação de uma casa de passagem para famílias indígenas em Apucarana voltou a ser discutido nesta quinta-feira (13). O Município recebeu o projeto, que será agora encaminhado ao Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan) para adequações.

O assunto foi debatido em reunião entre o prefeito Junior da Femac e Denis Denilto Laurindo, coordenador da Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social (Sudis). Também participaram do encontro o assessor de imprensa da Sudis, Nelson Andrade, e o diretor-geral do Movimento Apucaranense da Consciência Negra (Macone), Carlos Alberto Figueiredo.

O prefeito lembra que a casa de passagem indígena foi discutida recentemente com o sociólogo e antropólogo Mauro Rockenbach, ex-superintendente da Sudis e que posteriormente foi nomeado pelo governador Ratinho Junior para ocupar o cargo de secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho. “Recebemos o projeto que será encaminhado à equipe do Idepplan para análise e adequações”, pontua Junior da Femac.

O prefeito ressalta que o professor Denis é de Apucarana e conhece a realidade local. “Costumeiramente, indígenas de Tamarana e de Ortigueira se deslocam para Apucarana. Por isso, é necessária uma estrutura para fazer o acolhimento. Essa é uma demanda antiga que estamos buscando atender, com a destinação de um espaço adequado e viabilizando recursos junto ao governo do Estado”, frisa.

Denis, que também preside o Grupo de Trabalho dos Povos e Comunidades Tradicionais do Paraná, ressalta que o Paraná é formado por diversas culturas e que o respeito precisa ser construído a partir do ponto de vista pedagógico.  “As pessoas precisam ter conhecimento das diversas culturas, entre as quais a indígena, descobrindo-se mutuamente e vencendo preconceitos”, avalia.


PMA

Nenhum comentário: