PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Casal de adolescente é apreendido com maconha plantada no quintal de casa, em Ivaiporã


Um casal de adolescente foram apreendidos após denúncias que estariam plantando maconha no quintal da própria residência. O fato aconteceu na Vila Nova Porá, em Ivaiporã. Segundo informações da Polícia Militar (PM) equipe rotam após receber uma denúncia anônima que o indivíduo estaria plantando maconha no quintal de sua residência os militares se deslocaram até o endereço citado acima. No local, foi encontrado o indivíduo citado na denúncia.
 Na abordagem do indivíduo foi constatado ser um menor, de 17 anos, e nada de ilícito foi localizado com ele. Segundo a PM o adolescente afirmou para a equipe que mora com sua esposa, de 15 anos, e que no momento na residência não havia ninguém e confirmou que em sua casa, que ficava a 1 quadra da abordagem, havia alguns pés de maconha plantados em potes plásticos.
 Diante da situação apresentada, momento que o adolescente era conduzido para a viatura, sua esposa que estava passando do outro lado da rua, ao verificar que seu marido estaria sendo conduzido pela equipe policial, a adolescente saiu correndo em direção a residência.
Momento em que foi acompanhada pela equipe e dado voz de abordagem para que parasse no local. De acordo com a polícia, a garota não acatou a ordem e continuou correndo, sendo contida apenas no portão da residência. Ao ser questionada a adolescente, de 15 anos, o por que correu ela não soube explicar e encontrava muito agitada, e afirmou ter alguns pés de maconha plantando em potes plásticos. Os militares realizaram busca na residência, onde foram localizados 2 potes plásticos com 3 pés de maconha plantados em cima do telhado, 1 copo plástico na lavanderia com 1 pé de maconha plantado e 1 pé de maconha plantado diretamente ao solo próximo ao muro.
Diante dos fatos, foram apreendidos os ilícitos localizados, E dado voz de apreensão ao casal de adolescente, e na sequência foram conduzidos até a 54ª DRP de Ivaiporã para procedimentos cabíveis sendo acionado o conselho tutelar no local.

Nenhum comentário: