PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

terça-feira, 23 de junho de 2020

Diretor do Departamento de Saúde da Prefeitura de Ivaiporã avalia aumento de casos de coronavírus (Covid-19) em Ivaiporã

O diretor do Departamento Municipal de Saúde da Prefeitura de Ivaiporã, Claudeney Martins, explicou que o município vinha mantendo os casos positivos de Covid-19 estabilizados. Inclusive, entre os dias 16 de março e 19 de junho, o município contabilizava 22 casos positivos e 2 óbitos. 
No entanto, entre sábado e domingo, dias 20 e 21, as equipes de saúde contabilizaram 50 casos positivos – totalizando 72 em 90 dias. Na segunda-feira, dia 22 de junho, foram confirmados mais 3 casos positivos (somando 75), enquanto 65 pacientes aguardam análise do Lacen (Laboratório Central do Estado). 
De acordo com o Claudeney Martins o aumento de casos positivos de Covid-19 está relacionado aos seguintes fatores: descuido da população com o uso de máscaras cuidados com higiene das mãos; confraternizações familiares; encontros e churrascos; feriado prolongado e consequentemente pessoas viajando; e aglomerações em bares e lanchonetes. “O município de Ivaiporã estava numa situação considerada confortável. Mas, infelizmente, estamos colhendo o resultado do relaxamento da população e do grande movimento constatado no feriado Corpus Christi [11 de junho] e Dia dos Namorados [12 de junho]. 
Mas os alertas foram dados. A pandemia não acabou e não há data para surgir vacina. Não é hora de relaxar”, declarou Claudeney Martins. Segundo Claudeney Martins não é o bloqueio da entrada da cidade que irá conter a contaminação, e sim as orientações dadas por profissionais de saúde. “Afinal, o coronavírus não vem na placa do veículo”, reforçou. Claudeney Martins comparou o cenário da pandemia às asas de um pássaro. “Uma asa chama-se saúde e a outra economia. Precisamos equilibrar as duas asas, porque não foi o comércio quem provocou o aumento de Covid-19 em Ivaiporã”, concluiu. 
Há 10 dias, o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, Conselho Regional de Medicina do Paraná e a Sociedade Brasileira de Infectologia alertaram que o Paraná enfrentaria momentos críticos relacionados à pandemia do coronavírus, e reforçaram a importância do uso de máscara, distanciamento social, perigo de reuniões, visita de parentes e viagens.

 Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã 

Nenhum comentário: