PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

terça-feira, 9 de junho de 2020

Homem é detido acusado de negociar devoluções de objetos furtados de residência, em Rio Bom

Um morador do município de Rio Bom procurou a Polícia Militar (PM), para informar um furto em sua residência. A vítima disse a PM, que saiu de sua residência por volta das 19h do domingo (7), para ir à igreja, e quando retornou por volta das 21h encontrou a janela do quarto arrombada, o quarto todo revirado e notou a ausência de dois aparelhos de celular. Um Samsung Galaxy J4 core de cor preta e um Moto E4 de cor cinza. Segundo informações, por volta das 08h da manhã  da segunda-feira (8), o morador foi informado por terceiros que um homem, de 42 anos, e uma outra pessoa, de 26 anos, estavam oferecendo dois celulares com as mesmas características em via pública.
Diante a informação, o irmão da vítima procurou o homem, o qual exigiu o valor de R$ 50 reais para devolver o aparelho, ele então realizou o pagamento e o acusado após alguns minutos devolveu o Celular Moto E4. De acordo com o irmão da vítima, no momento da devolução, o acusado exigiu nova quantia para devolver o outro aparelho, o valor de R$ 120 reais. Valor este, que, segundo o acusado era R$ 100 para retirar da boca e R$ 20 para ele realizar o “serviço” de retirada.
 Foi então realizado o pagamento e após aproximadamente 40 minutos o acusado devolveu o outro aparelho Sansung J4 , e um pouco mais tarde, ainda de acordo com o irmão da vítima, o acusado novamente exigiu mais R$ 20 reais para devolver a capinha do celular, valor que também foi pago pelo irmão da vítima. Diante das informações, a equipe polícia iniciou diligências no intuito de localizar os autores, e logrou êxito em localizar o homem que estava em sua residência.
Questionado pelos militares sobre o ocorrido, o homem de 42 anos, informou que o outro acusado de 26 anos é quem havia realizado o furto, e que ele apenas teria realizado as devoluções dos aparelhos mediante pagamento pelo irmão da vítima. Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao acusado, e conduzido a Delegacia de Marilândia do Sul para as providências.

Nenhum comentário: