PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

sexta-feira, 12 de junho de 2020

Duas pessoas são presas e uma adolescente apreendida após desentendimento e ameaças, em Ivaiporã

Duas pessoas foram presas e uma adolescente foi apreendida após uma briga em Ivaiporã. A situação foi registrada no final da tarde desta quinta-feira (11). Segundo informações da Polícia Militar (PM), ao realizar o patrulhamento na cidade deparou-se com uma briga envolvendo mulheres e varias pessoas no local.  Para  conter a rixa a equipe da PM dispersou uma parte  do pessoal que estava no local, sobrando uma mulher, que estava carregando no colo a sua filha de um anos de idade sendo ameaçada por duas mulheres que estava acompanhada de um rapaz. Conforme informações, tratava-se de uma mulher de 43 anos, a filha, uma adolescente, de 17 anos e o rapaz de 20 anos de idade. 
Segundo a polícia, as agressoras em todo momento queriam bater na vitima, sendo contidas pela equipe policial e por terceiros que estavam no local. Mesmo contidas, gritavam “você vai morrer, vai apanhar, sua vagabunda, pilantra,  filha da puta, vamos te quebrar, não temos medo de policia não”.  A equipe policial ordenou por diversas vezes para que parassem com as ameaças porém as ordens não foram acatadas.
 A vitima foi orientada sobre seus direitos e disse a PM que queria representar contra as autoras das ameaças. Diante dos fatos os militares deram voz de prisão a mulher adulta  e de apreensão a sua filha adolescente, pelo crime de ameaça. Momento que a equipe policial foi fazer a apreensão da adolescente, o jovem que estava com elas disse para a equipe policial que  não ia deixar ninguém encostar a mão nela e que se quisessem ia ter que buscar uma mulher pra fazer a prisão dela. Ainda de acordo com a PM, os militares pediram para que rapaz deixasse o local, porém ele se recusou e no momento da apreensão da adolescente veio pra cima da equipe policial na intenção de impedir que a adolescente fosse  conduzida a delegacia. 
Por  desobedecer as ordens da equipe policial e tentar impedir as prisões recebeu voz de prisão, porém não acatou a ordem e resistiu com força física, sendo necessário a equipe policial fazer uso de força física e algemas para conduzi-lo à viatura.  Os três  foram conduzidos para a 54° DRP para as providencias cabíveis. A vitima  deslocou-se ate a Delegacia  de carona com um amigo por estar carregando  sua filha no colo, para formalizar a representação.

Nenhum comentário: