PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quinta-feira, 4 de junho de 2020

COMBATE AO CRIME - Relatório da Segurança Pública mostra redução de roubos no Paraná

O número de roubos reduziu em 11,4% em todo o Estado durante o primeiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano anterior, segundo o Relatório Estatístico Criminal da Secretaria da Segurança Pública. Houve registro de 11.091 ocorrências somando janeiro, fevereiro e março de 2020, contra 12.531 no mesmo intervalo de tempo do ano anterior. Foram 1.440 roubos a menos, resultando em uma redução média de 15 por dia em todo o Estado.
As modalidades de roubo analisadas seguiram a tendência de queda a nível estadual: roubos de veículos (-4,6%), ambiente público (-14%), residência (-7,6%) e comércio (-3%). “Sempre aplicamos nosso policiamento em todo o Estado e desenvolvemos diversas ações no sentido de fazer com que o cidadão paranaense se sinta seguro”, disse o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.
“Estamos desenvolvendo constantemente atividades de combate à criminalidade nas regiões, de forma ostensiva e preventiva, além de um maior enfoque nas investigações para combater grupos criminosos”, destacou o secretário. “A intenção é sempre prestar o melhor serviço possível e assim ajudar a transformar o Paraná em um lugar melhor para se morar”, completou.

ÁREAS - As Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP), que mais tiveram queda nas ocorrências de roubo foram a de Laranjeiras do Sul (-42,4%), Francisco Beltrão (-27,4%), Toledo (-24,7%) e a de Maringá (-22,3%).

A 10º AISP de Francisco Beltrão também apresentou queda em todas as modalidades criminais de roubo: veículo (-77,7%), ambiente público (-16%), residência (-38,8%) e comércio (-10%).

CURITIBA - A queda no índice de roubos também ocorreu em Curitiba durante o primeiro trimestre do ano. Com redução de 12,25%, foram 624 ocorrências a menos nos três primeiros meses de 2020, resultando em uma média de seis ocorrências a menos por dia em toda a capital.

FURTOS - O número geral de furtos se manteve estável no período, com aumento de 0,1%. Foram registradas 39.593 ocorrências de janeiro a março de 2020, contra 39.545 do mesmo período do ano anterior. As modalidades do crime de furto analisadas apresentaram redução: residência (-16,16%), ambiente público (-12,4%), comércio (-5,7%) e veículos (-2,7%).

RESIDÊNCIAS - O número de furtos a residências teve queda em vinte e duas das vinte e três Áreas Integradas de Segurança Pública. A região que não acompanhou a diminuição é a 16ª AISP de Paranavaí, que apontou aumento de 3,73% no número de ocorrências do crime.

 As regiões que mais tiveram queda foram: AISP de Campo Mourão (-44,2%), de Laranjeiras do Sul (-32,6%), Cascavel ( -31,2%), e a de Toledo (-28,5%).

As ocorrências de roubos a residências diminuíram em quinze, das vinte e três Áreas Integradas de Segurança Pública. Em todo o Paraná, a queda foi de 7,6%.

Dentre as maiores reduções, está a AISP de Cornélio Procópio (-43,4%), seguida pela de Francisco Beltrão (-38,8%), Laranjeiras do Sul (-33,3%) e pela de Toledo (-27,4%).

COMÉRCIO - A queda no índice criminal de roubo a comércio foi de 3% em todo o Paraná. A AISP de União da Vitória apresentou a maior redução do Estado (-87,5%). Também apresentaram expressivas reduções as AISP de Guarapuava (-74%), de Umuarama (-33,3%) e a de Maringá (- -34,6%).

A AISP de São José dos Pinhais, que abrange 22 municípios da Região Metropolitana de Curitiba, também teve diminuição (-23,7%). Foram 88 roubos a comércio a menos durante o período: 371 no primeiro trimestre de 2019 e 283 nos três primeiros meses deste ano. “A polícia tem se adequado a uma nova forma de atuação, de combate a esse tipo de crime, uma vez que parte do comércio está fechada devido à pandemia do coronavírus no Estado”, diz o secretário Romulo Marinho Soares.
Os furtos a comércio também apresentaram queda de 5,7% no trimestre em todo o Estado. Quinze, das vinte e três Áreas Integradas de Segurança Pública registraram redução nas ocorrências.

A AISP de Laranjeiras do Sul teve a maior redução do Paraná (-59%), seguida pela de União da Vitória (-32%) e de Paranaguá (-25%).

Curitiba, também teve queda nas ocorrências de furto a comércio. De janeiro a março deste ano foram 80 ocorrências a menos do crime (de 1.074 no primeiro trimestre de 2019, para 994 no mesmo período deste ano

VEÍCULOS - Furtos de veículos reduziram em 2,6% e os roubos em 4,6%. Foram 107 furtos e 69 roubos a veículos a menos no período de janeiro a março de 2020 comparado com o mesmo intervalo de tempo de 2019.

Na AISP de Toledo a queda de roubos a veículos foi de 44,7% (67 em 2019 e 37 em 2020), e a de Laranjeiras do Sul teve  redução de 40%: cinco roubos no ano anterior e três neste ano. A AISP de Pato Branco teve queda de 35,7% (de 14 no ano passado para 9 neste ano). Já em relação aos furtos de veículos, na AISP de Campo Mourão a queda foi de 29,3% (150 no trimestre em 2019 e 106 no mesmo período deste ano). Na 5ª AISP de São Mateus do Sul a redução nos furtos de veículos foi de 24% (29 em 2019 e 22 em 2020).




Agência Estadual de Notícias

Nenhum comentário: