PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quarta-feira, 13 de maio de 2020

VIOLÊNCIA - Mãe relata momentos de terror ao ser agredida por única filha

Foto: JC1
Dia das mães é momento de reunir família - pelo menos era, até o início da pandemia -, porém mesmo com o distanciamento social, muitos encontraram uma forma de demonstrar à mamãe o quanto é especial. Mas infelizmente não é em todas as casas que isso acontece. Em Cascavel, na semana passada uma mulher de 58 anos foi surpreendida com o inesperado, ela foi agredida pela unica filha.
Os hematomas ainda estão visíveis em várias partes do corpo. Nos olhos, nas pernas, nos braços e a mulher diz que ainda sente muita dor e tontura por causa das pancadas que levou na cabeça. A agressão aconteceu no Bairro Country na última terça-feira (5), Laurenice foi atendida pelo Siate e ainda está tomando analgésicos.
Ela conta que a agressão foi apenas o ápice de uma relação que já estava desgastada desde o início do ano, quando a filha agressora se mudou com o filho de 6 anos para a casa da mãe. O advogado Robson Miranda é especialista em direito da família e diz que se a vítima decide denunciar esse tipo de situação pode ser enquadrada na lei maria da penha.
A delegada responsável pela Delegacia da Mulher, Bárbara Strapassom, explica quais medidas a vitima pode tomar ao sofrer algum tipo de agressão. Laurenice diz que fez o boletim de ocorrência, mas não solicitou medida protetiva pois não têm medo da filha. Se recuperando da agressão ela se emociona ao falar do sentimento que fica após a agressão.



 JC1

Nenhum comentário: