PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

segunda-feira, 4 de maio de 2020

VALE DO IVAÍ - Secretaria de Justiça repassa recursos em maio para municípios socorrerem famílias afetadas pela pandemia

A Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná vai repassa neste mês de maio recursos do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas) para famílias em situação de vulnerabilidade de todos os municípios paranaenses, incluindo cerca de 34 cidades que fazem parte da região do Vale do Ivaí. A liberação foi aprovada pelo Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas). “É mais uma medida que tomamos para diminuir os efeitos dessa pandemia, que além da questão de saúde pública afeta as famílias também economicamente”, diz o secretário Ney Leprevost. O “Incentivo Benefício Eventual COVID-19” compreende a ampliação da oferta de Benefícios Eventuais destinados a atender de maneira rápida e urgente demandas de ocorrências inesperadas, visando restabelecer de forma imediata as seguranças sociais à população que vivencia a situação temporária de vulnerabilidade social. Os recursos para cada município variam de R$ 15.000 a R$ 400 mil, dependendo do número de famílias em situação de vulnerabilidade. Cada município, por sua vez, fará o repasse às famílias por meio dos Cras e Creas. Confira as cidades do Vale do Ivaí que vão receber os recursos -  Apucarana (R$ 80 mil); Arapongas (R$ 80 mil); Arapuã  (R$ 15 mil);  Ariranha do Ivaí (R$ 15 mil); Barbosa Ferraz (R$ 35 mil); Bom Sucesso (R$ 20 mil); Borrazópolis (R$ 25 mil); Califórnia (R$ 25 mil); Cambira (R$ 25 mil); Cândido de Abreu (R$ 35 mil); Corumbataí do Sul (R$ 20 mil); Cruzmaltina (R$ 15 mil); Faxinal (R$ 35 mil); Godoy Moreira ( R$ 15 mil); Grandes Rios (R$ 20 mil); Ivaiporã (R$ 40 mil); Jandaia do Sul (R$ 35 mil); Jardim Alegre (R$ 35 mil); Kaloré (R$ 15 mil); Lidianópolis (R$ 20 mil); Lunardelli (R$ 20 mil); Mandaguari (R$ 40 mil); Manoel Ribas (R$ 35 mil); Marilândia do Sul (R$ 25 mil); Marumbi (R$ 15 mil); Mauá da Serra (R$ 30 mil); Nova Tebas (R$ 25 mil); Novo Itacolomi (R$ 15 mil); Ortigueira (R$ 44 mil); Rio Bom (R$ 15 mil); Rio Branco do Ivaí (R$ 15 mil); Rosário do Ivaí R$ 15 mil); São João do Ivaí (R$ 30 mil) e São Pedro do Ivaí (R$ 20 mil).

Nenhum comentário: