PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Polícia ouviu em Apucarana duas pessoas sobre o caso da morte de bailarina


Dois homens residentes em Apucarana foram ouvidos na 17ª SDP de Apucarana, na tarde e noite desta quarta-feira (29) sobre a morte da bailarina Maria Glória Poltronieri Borges, de 25 anos. Os depoimentos foram prestados na presença de três delegados (de Mandaguari, Maringá e Apucarana). O trabalho policial segue em segredo de justiça, sem divulgar nomes. A polícia afirma que outras pessoas da região serão ouvidas. A maior dificuldade é de localizar testemunhas e suspeitos. O delegado titular de Mandaguari, Neri Zoroastro do Prado, disse que as investigações prosseguem avançando.
O corpo de Maria Glória foi encontrado no domingo (26) perto de uma cachoeira na zona rural de Mandaguari, com sinais de violência sexual, de acordo com a Polícia Civil. Além de ser bailarina, ela era estudante universitária e professora de capoeira.
Fonte: Canal 38

Nenhum comentário: