PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Dois casos de desacato a PM foram registrados em Ivaiporã; Veja!

Tarde de segunda feira movimentada em Ivaiporã. A Policia Militar (PM) foi acionada pela central na tarde desta segunda, (6) na Rua- Alvares de Azevedo para atendimento de uma agressão. Segundo informações um senhor foi ate uma oficina para pegar sua caminhonete.  Ao chegar no local, um individuo deferiu um "tapa" nas costas da vítima, e começou a ameaçar de morte, tentando agredir o mesmo. Teria pego um tijolo para atentar contra a vida do senhor, este que, para conseguir se livrar da agressão, correu para dentro da oficina, e pediu para o proprietário fechar o portão e que ligasse para policia. De acordo com a PM  o agressor estava tentando arrombar o portão para tentar matar a vítima. O portão ficou todo danificado, tacando inclusive o cadeado do portão dentro do lago. De imediato a equipe de policiais tentou realizar a abordagem, quando o autor desobedeceu à ordem emanada pela equipe policial e atentou contra a equipe, com chutes, socos e cabeçadas, chamando de porco, policia vagabundo, que não prende bandido, que não tem ninguém para prender ele, quando foi necessário o uso seletivo, progressivo e gradual da força para conseguir algemar o agressor, com apoio da outra equipe.


Não obstante, durante o encaminhamento, o agressor veio ameaçando esta equipe dizendo "que não ficaria assim e iria atrás de cada um para fazer pagar". Disse também durante o encaminhamento, que iria matar o senhor que chamou a policia para ele, que isso não ficaria assim. Por fim, após serem resguardados todos os direitos constitucionais foi encaminhado e entregue a autoridade policial competente.

Outro caso

A equipe da Policia Militar foi solicitada para deslocar ate o endereço citado, pois havia a informação de que um indivíduo estaria tentando arrombar um portão de uma garagem, chegando ao local foi avistado o individuo de nome com uma barra de ferro de aproximadamente 50 centímetros batendo no portão, quando foi lhe dado voz de abordagem e mandado jogar a barra de ferro no chão, o mesmo se recusou a obedecer e com a barra de ferro chamou a equipe dizendo para ir para cima que iriam ver que não ligava se era policia ou quem fosse e se mantendo com a barra de ferro na mão, novamente foi lhe mandado jogar a barra de ferro porem este não obedecendo sendo assim necessário o uso da forca para contê-lo, foi necessário o uso de tonfa e também de técnicas de imobilização, mesmo assim reagiu e tentou agredir a equipe com chutes e socos, apos obter êxito em imobilizá-lo foi necessário o uso de algemas, apos imobilizá-lo e colocá-lo no camburão foi constatado que o mesmo já havia quebrado o cadeado do portão e entrado no quintal da residência ao lado da garagem tentando entrar na garagem mas não conseguindo tentou quebrar o portão da garagem para entrar, foi perguntado ao dono da garagem o sr. se houvera ocorrido algo mais o mesmo informou que ao avistar o individuo destruindo o portão ele tentou conversar com o mesmo porem o autor com a barra de ferro não parava de bater no portão, em deslocamento ate a 54° DRP o autor começou a ofender a equipe chamando-os de vagabundos e outras palavras de baixo calão e também a destruir o camburão com chutes e ate mesmo cabeçadas causando assim um ferimento na cabeça, o camburão da viatura de prefixo 12801 placas bbx-7408 ficou com vários danos, a equipe então confeccionou o bou e o encaminhou ate a 54° DRP.

Nenhum comentário: