PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Casal troca agressões, pensão alimentícia seria a causa da confusão

Mais um caso de violência doméstica foi registrado pela Polícia Militar (PM) na Rua Byngton, na Vila Nova, em Apucarana, na noite de quarta-feira (20). Desta vez o homem também foi agredido. Ele contou a policiais militares que foi agredido por sua ex-convivente após um discussão relacionada ao pagamento de uma pensão que ele repassa a ela mensalmente. De acordo com a vítima, por motivos fúteis sua ex-mulher deu um tapa no copo que estava em sua mão, o qual bateu em seu lábio inferior, causando um pequeno corte com hemorragia.

Questionado se desejaria representar contra a autora da agressão, a vítima respondeu afirmativamente. Tendo em vista que a mulher não se encontrava mais no local, foi pedido ao ex-marido que permanecesse ali até que a equipe de policiais militares retornasse. Uma equipe da PM foi até a casa da suposta agressora e a informou sobre a vontade de seu ex-companheiro de representar legalmente contra ela.

O que disse a mulher

A mulher informou aos policiais militares que fora agredida por seu ex-companheiro com um soco nas costas (sem lesão aparente) e também desejaria representar contra ele. A PM retornou ao local da ocorrência, mas o homem denunciante já havia se evadido e não foi mais localizado. A mulher foi orientada pelos policiais militares a se deslocar até a 17ª Subdivisão Policial (SDP) para dar prosseguimento ao caso.

Fonte: Canal38

Nenhum comentário: