PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

sábado, 9 de novembro de 2019

ARAPONGAS - Prefeitura investe R$ 1,3 milhão na construção de mais três pontes

O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, assinou na tarde desta quinta-feira (08) ordens de serviço para a construção de mais três pontes no meio rural, totalizando investimento de quase R$ 1,3 milhão. “Durante a nossa campanha, o que mais ouvimos dos produtores rurais foi pedido para que as estradas e pontes do município estivessem em ordem, garantindo o escoamento da produção agrícola e a movimentação das famílias que vivem no meio rural. Por isso, esse investimento é muito importante, pois são três pontes localizadas em pontos estratégicos”, afirmou o prefeito.
A primeira ponte fica localizada na Gleba Orle, na Estrada Kawka, sobre o ribeirão Lajeado II, na divisa com o município de Sabáudia. Ali o investimento será de R$ 405.218,00. A segunda ponte está localizada na estrada do Giocondo/Fazenda Santa Guilhermina, sobre o Ribeirão dos Apertados. O investimento será de R$ 394.294,65. E a terceira, sobre o Ribeirão das Ilhas, na estrada do 10, conhecida como Ponte do Marcão. Ali o investimento será de R$ 494.086,00. Para as três obras, a empresa que venceu a licitação é a Contersolo. O prazo para a conclusão é de até 150 dias. O fiscal das três obras será Hugo Francisco Dias e a fiscal dos três contratos, Vicky Vergara Lopes.
O vice-prefeito e secretário de Obras, Jair Milani, lembra que essas pontes vinham sendo reivindicadas não só pelos produtores rurais de Arapongas, mas também dos municípios vizinhos, cujas propriedades se localizam nas regiões fronteiriças. São exemplos Sabáudia e Londrina. “Temos casos de produtores que, devido à falta de ponte, estão sendo obrigados a dar grandes voltas para chegar ao seu destino, inclusive para a movimentação de máquinas, implementos agrícolas e escoamento da produção. Felizmente, com esses investimentos isso agora vai acabar”, assinala Milani.
Fonte: Prefeitura Municipal de Arapongas

Nenhum comentário: