PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

terça-feira, 1 de outubro de 2019

Menina de 8 anos leva maconha à escola e acusa pai de tortura em Londrina

A Polícia Militar (PM) prendeu neste fim de semana em Londrina um homem acusado de agredir e torturar sua filha de 8 anos, além de deixar drogas ao alcance dela. A identidade dele não foi divulgada. A prisão foi realizada na casa onde moram o suspeito, a esposa e a criança. Segundo a PM, o local é um conhecido ponto de tráfico de drogas. A situação foi denunciada pela própria criança à uma professora da escola onde ela estuda, na zona oeste de Londrina. Segundo a menina, ela havia sofrido agressões do pai, que a obrigou a ficar ajoelhada segurando uma garrafa pet cheia de água com os braços erguidos. Ela ainda contou que, caso ela abaixasse os braços durante o castigo, era punida com chineladas. A professora constatou lesões no joelho da criança. De acordo com a PM, a docente levou o caso à diretoria da escola, que acionou o Conselho Tutelar, que por sua vez denunciou à PM. Ainda segundo o depoimento da criança, ela presencia constantemente o pai agredindo a mãe verbal e fisicamente. Surpreendendo a todos, a pequena vítima entregou à professora uma embalagem contendo 7 gramas de maconha, alegando que a droga seria do pai dela, que guardava o entorpecente em local de fácil acesso. A menina também informou que havia mais drogas na casa, o que motivou a ação da PM.Chegando na residência, a PM foi autorizada a entrar pela mãe da criança. No local foram encontradas 15 gramas de maconha no sofá. O pai da menina recebeu voz de prisão e foi levado à Central de Flagrantes. Fonte: Tarobá News.

Nenhum comentário: