PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

domingo, 29 de setembro de 2019

Produtores rurais de Faxinal recebem orientação sobre segurança no trabalho

A Coordenaria de Vigilância Sanitária, Ambiental e Saúde do Trabalhador (CVASST), de Faxinal, através do setor de Saúde do Trabalhador, sob a coordenação dos Técnicos, Edson Pinheiro, Silvio Simões e Marcelo Werner Góes, realizaram quinta-feira (26), uma importante ação educativa, que visa orientar trabalhadores rurais sobre segurança no trabalho. Cartazes e folders da campanha, contendo orientações sobre segurança, proteção e cuidados que o trabalhador deve ter no manejo de equipamentos agrícolas, foram distribuídos em Cooperativas, casas Agropecuárias e Sindicato Rural do município.
Dados de segurança do trabalho, revelam que trabalhadores rurais ficam expostos a vários riscos e danos, como: Acidentes com ferramentas manuais cortantes, acidentes com máquinas e implementos agrícolas, acidente com animais peçonhentos, exposição a agentes infecciosos e parasitários, exposição às radiações solares por longos períodos e intempéries, exposição a ruídos e vibrações pelo uso de tratores e colheitadeiras, exposição a partículas de grãos armazenados, ácaros, pólen, dejetos de origem animal, componentes de células de bactérias e fungos, ritmo intenso de trabalho com cobrança de produtividade, jornada de trabalho prolongadas na atividade de pré-plantio, plantio, colheita da cultura, exposição a fertilizantes que podem causar intoxicações graves e mortais. O Diretor do departamento Michael R. Bento, ressaltou que a ação teve por finalidade conscientizar os profissionais sobre os riscos inerentes no trabalho, como o contato com agrotóxicos, exposição solar prolongada, carregamento de peso e, a importância dos operadores de maquinas pesadas serem pessoas treinadas e capacitadas para exercer tal atividade em escavações a céu aberto. “Qualquer trabalhador que venha a sofrer algum tipo de dano descrito nas atividades acima, procure atendimento médico em uma unidade de saúde mais próxima ou em caso de urgência o Pronto Atendimento Municipal e informe se foi um acidente relacionado ao trabalho”, frisou Bento. A ação, que é uma iniciativa do governo do estado e municípios, também serviu para alertar sobre atividades que não devem ser realizadas por crianças e menores de 18 anos, como também conscientizar os trabalhadores, tanto no meio rural como do urbano, sobre melhores práticas na hora de executar atividades em que possam estar expostos, e com isso diminuir os acidentes de trabalho. Dados mostram que no Estado do Paraná, o número de acidentes de trabalho graves no meio rural nos últimos 12 anos, foi de 4.835, com 302 óbitos nesse período. fotos/Lobão.

Nenhum comentário: