PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Polícia Civil de Apucarana prende fiscais que exigiam propina em posto de combustíveis

A Polícia Civil de Apucarana deve apresentar na tarde desta terça-feira (24), dois fiscais que exigiram propina de uma funcionária do Posto Catedral, no centro da cidade, para não multar o estabelecimento por uma suposta irregularidade. A informação foi confirmada pelo proprietário do posto Rodrigo Ducatti. De acordo com Rodrigo, o trabalho dos fiscais acontece duas vezes por ano. “Esses fiscais não são de Apucarana. Eles vêm de regionais e percorrem diversos municípios fazendo a fiscalização. Com certeza não fui o primeiro com que eles fizeram isso, por isso denunciei, para eles aprenderem e não ficarem impunes”, disse.Ducatti conta que os fiscais foram atendidos pela gerente do posto. Durante a fiscalização de rotina, eles apontaram uma suposta irregularidade na vazão do combustível, e anunciaram uma multa de 15 mil reais. “Depois de anunciar a multa, eles pediram uma ‘ajuda’ de mil reais para não aplicar a infração. Minha funcionária me ligou e informou o que estava acontecendo. Eu autorizei o pagamento de 500 reais e acionei a polícia. Toda a ação foi filmada pelas câmeras de segurança do posto. A polícia veio rapidamente, viu as imagens e entendeu que se tratava de extorsão, por isso, levou os dois fiscais para a delegacia”, explica.Ainda de acordo com o proprietário do posto, a suposta irregularidade de vazão de combustível não foi confirmada. “É importante dizer que não havia nenhuma irregularidade nas bombas”, afirmou.A Polícia Civil está realizando as oitivas a respeito do caso e ainda nesta tarde deve realizar a apresentação dos fiscais que foram presos à imprensa. Fonte: TNOline.

Nenhum comentário: