PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Mulher é flagrada com filho recém-nascido dentro de uma bolsa ao tentar deixar hospital

ilustrativa
Uma mulher foi levada à delegacia por descumprir uma medida judicial ao tentar levar embora o filho recém-nascido de um hospital de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, na quarta-feira (25). Na tentativa de sair do hospital escondida, a mulher, que tem 35 anos, colocou o bebê dentro de uma bolsa. No entanto, ela foi flagrada por funcionários que chamaram a Polícia Militar (PM). O delegado Marcus Vinicius Sebastião explicou que a mulher é usuária de drogas e só tinha autorização para amamentar a criança, não poderia levá-la para fora do hospital. O Conselho Tutelar informou que ela não fez o pré-natal e deu à luz a criança há 10 dias. Em uma audiência no Fórum, na manhã de quarta-feira, ela foi informada que perdeu a guarda do filho e, por esse motivo, não poderia tirar a criança do hospital. Ela não tem residência fixa e é dependente química. Além disso, ela abandonou outros três filhos. Na delegacia, ela assinou um termo circunstanciado por subtração de incapaz e depois foi liberada. O delegado Marcus Vinicius Sebastião disse que ela só terá o direito de ter a guarda se realizar o tratamento de dependência química. Temporariamente, o bebê ficará em um abrigo, na instituição Pequeno Anjo, e a guarda ficará com a Justiça. A criança não irá para a fila da adoção. O município ofereceu vagas em centros de tratamentos para a mãe do bebê. Por meio de nota, o Hospital Universitário (HU) disse que a mãe aproveitou uma dessas visitas e tentou levar a criança embora. Depois de ser encontrada na bolsa, a criança foi avaliada por um pediatra. (Informações G1).

Nenhum comentário: