PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Justiça manda soltar fiscais presos acusados de recebimento de propina em Apucarana

A Justiça mandou soltar na noite desta quarta-feira (25) os dois fiscais presos segunda-feira em Apucarana, acusados de receberem propina do proprietário de um posto de combustíveis. De acordo com o advogado de Luiz Tiepo Júnior, Alexandre Aquino, foi arbitrada uma fiança de R$ 2 mil, valor que já teria sido pago - ele deve ser posto em liberdade ainda durante a noite desta quarta.Já o fiscal Sérgio Massaroto, de 52 anos, deve pagar fiança de cerca de R$ 6 mil - valor ainda não depositado à Justiça.Entenda o caso.Sérgio Massaroto, de 52 anos, e Luiz Tiepo Junior, de 28, foram flagrados por câmeras de segurança do posto recebendo o dinheiro. A propina de R$ 1000,00 teria sida exigida antes à gerente, que chamou a polícia. O delegado aconselhou a marcar as cédulas. O pagamento foi de R$ 500,00 e, assim que os fiscais saíram do estabelecimento, foram presos. A acusação é de corrupção passiva. O posto de combustíveis estaria com problemas encontrados na aferição dos bicos de duas bombas e as multas chegariam a R$ 15 mil, mas os dois negam. De acordo com o boletim de ocorrência, os fiscais residem em Londrina e atuam em diversas cidades a serviço do IPEM.O Instituto emitiu nota em que afirmou que os profissionais terceirizados são devidamente treinados e que esse caso também vai passar por processo administrativo para tomar as medidas cabíveis. O instituto enfatiza que não compactua com atitudes como essa que mancham a atuação do ente público. Com informações da TV Tarobá.

Nenhum comentário: