href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Vereadores fazem duras cobranças na sessão da câmara em Borrazópolis

Bazuca e Rosi Cerqueira fizeram reclamações no setor da saúde e pediram providências sobre a Sala de Raio-X. O vereador Wellyngton Jhonis comentou sobre o decreto revogado e fez explanação do seu trabalho

Em Borrazópolis a primeira sessão da câmara desta segunda-feira (05) após o recesso parlamentar, começou com reinvindicação de parte dos vereadores, principalmente na área da saúde. O vereador Rosi Cerqueira (PP) pediu ao presidente César Soares que fosse encaminhado um oficio ao executivo municipal, solicitando respostas da Sala de Raio X, quando que ficaria pronta, haja visto as obras que estão ocorrendo e os transtornos que já foram gerados na comunidade por conta desta situação. Cerqueira explanou a falta de medicamentos e comentou que o raio-X que estava funcionando na cidade vizinha de Faxinal, também está em fase de reforma no local. “Queremos respostas, por sermos cobrados da população que nos procuram com relação a estas reivindicações” frisou. Por sua vez o vereador Osvaldino Mendes o “Bazuka” também fez reclamações pontuais ao setor, destacando a falta de veículos para pacientes que necessitam ser atendidos em Maringá e questionando o responsável do setor sobre outras reclamações que também recebeu da comunidade nos últimos dias. Em sua fala o vereador Wellyngton Jhonis, explanou a importância do legislativo, comentando sobre o decreto inconstitucional que foi apresentado pela prefeitura, com relação aos galhos e entulhos na área urbana. “O executivo revogou a lei, após os estudos da câmara com a assessoria que encontrou erros na lei apresentada, ou seja, já havia um artigo (141) no Plano Diretor, que estabelece essas medidas a população e para ser mudada, seria necessário a audiência pública e aprovação em plenário, isso mostra a importância do vereador, atento ao interesse da comunidade, que em sua maioria ficaram descontentes com o decreto publicado anteriormente” disse Jhonis. O parlamentar também fez uma indicações de moradores em pontos da cidade, comentou sobre a reclamação dos demais vereadores sobre a saúde e destacou a preocupação dos maus tratos a animais nos últimos dias, parabenizando ainda o secretário de esportes César Soares, pela atuação de suas equipes no Jogos da Juventude em jardim alegre, haja visto que Borrazópolis será sede do JAVIS 2019. João Cândido Ferreira o “João da Dita” comentou sobre a sala de Raio-X, pontuando reclamações desde o inicio da gestão, ressaltou conquistas da oposição nos últimos dias e comentou sobre o processo de investigação que passou pela câmara nos últimos meses. O vereador Otair Senes o “Dominado” fez uma explanação do seu trabalho, saíu em defesa da administração municipal, com relação a estradas rurais, saúde e frisou sua luta com relação a reclamação de uma empresa agrícola na região do Jardim Bela Vista. A vereadora Selma Maria de Oliveira em sua fala, destacou conquistas do vereador licenciado “Dí” do PMDB, na qual ela ocupa a vaga no legislativo. Segundo ela, apesar das reclamações o secretário conseguiu através de seus representantes nos últimos dias, algumas conquistas para o município. O vereador Arnildo, não fez o uso da palavra e o vereador Marcelo Pires Rodrigues, devido a alguns problemas pessoais, não conseguiu participar da sessão.

Nenhum comentário: