PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

JAP'S IVAIPORÃ - Equipe mais jovem dos JAPS conquista título no feminino e vaga à divisão de elite

Na casa da adversária, a seleção feminina de São do Miguel do Iguaçu conquistou o título da Divisão B na fase final do 62º Jogos Abertos do Paraná (JAPS). A final foi realizada na noite desta quarta-feira (28.08), no Ginásio de Esportes Gilberto Tadeu Silva, em Jardim Alegre. As três melhores equipes do handebol feminino garantiram o acesso à Divisão A, que acontece entre os dias 11 e 20 de outubro, em Toledo. Impulsionada pela torcida, as anfitriãs iniciaram o jogo impondo velocidade, com passadas rápidas e arremessos certeiros, as são-miguelenses responderam à altura e logo frearam o ataque das rivais, abrindo vantagem de cinco bolas, que conseguiram administrar até o fim do primeiro tempo, 15 a 10. Na etapa seguinte, as pratas da casa mudaram a tática de jogo e aproveitaram as falhas das rivais para diminuírem o placar, as são-miguelenses continuavam dominando a partida, porém cometendo muitos erros no ataque, o que resultou na vitória da segunda parcial para Jardim Alegre, 13 a 12, porém o saldo não foi suficiente para levar o título pra casa. A camisa 9 Amanda Perius ajudou a sua equipe na conquista do ouro assinalando oito gols, ficando com a artilheira do jogo. Essa foi a primeira vez que as jardim-alegrenses chegaram a uma final dos JAPS, sendo inédito e muito representativo para o município a medalha de prata. Agora a equipe volta às atenções à preparação da 4ª e última etapa da Chave Bronze do Campeonato Paranaense de Handebol, que acontece de 14 a 15 de setembro, em Toledo. “Nosso objetivo era subir para a Divisão A e conseguimos atingir, isso é inédito para Jardim Alegre, que conquistou sua primeira medalha nos Jogos Abertos e tem tido bastante progresso no Paranaense, competição que vamos buscar em setembro a ascensão para a Chave Prata”, ressaltou o técnico Rodrigo Marinzeck. Sede de quatro competições estaduais e a sediação já confirmada para a fase regional dos Jogos da Juventude do Paraná em 2020, Jardim Alegre abraçou o esporte. “Jardim Alegre é uma cidade diferenciada, a comunidade prestigia e gosto do esporte, por isso estamos trazendo várias competições para o município, algumas vezes conseguimos receber todos aqui e outras realizamos em conjunto com municípios próximos, como neste caso com Ivaiporã”, expôs o prefeito José Roberto Furlan que acompanhou da arquibancada à final feminina. Jogando juntas desde a categoria sub-12, o elenco de São Miguel do Iguaçu é a equipe mais jovem da competição, tendo sido este o primeiro título de expressão conquistado por essa geração. “Essa conquista representa todo o aprendizado que o handebol pode trazer para uma geração inteira. Meninas humildades, simples, batalhadoras, elas ganharam alguns títulos menos expressivos, esse é o primeiro título de grande importância dessa geração, estão de parabéns, o que fizeram foi contra tudo e contra todos, só Deus e elas que fizeram com que nossa equipe, a mais jovem da competição, a que mais precisava aprender acabasse ensinando dentro do próprio grupo superação e união, mostrando que a cada campeonato a gente pode se reinventar e avançar um pouco mais”, enfatizou o técnico Rafael Magenis. Na decisão de 3º lugar, Campo Mourão superou Matelândia por 43 a 32, garantindo além da medalha de bronze o acesso à principal divisão do Estado. “Nós não viemos de uma competição crescendo, nós tivemos dificuldade, fizemos apenas um jogo bom que ganhamos de oito gols, os demais todos no limite. Neste jogo entraram focadas, com o objetivo de realmente subir pra Divisão A, sabiam que essa seria a única oportunidade que teriam, então foram bastante guerreiras. Essa medalha pra nós é como se fosse um 1º lugar, porque o objetivo era participar dos Jogos Aberto”, declarou a treinadora Marlene Reis.

Nenhum comentário: