PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Gilmar Mendes suspende audiências em caso de corrupção que envolve Beto Richa

Segundo o Blog da Jornalista Mareli Martins da Rádio T, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes suspendeu as audiências da Operação Rádio Patrulha, atendendo a pedido da defesa de Beto Richa. Esta operação investiga pagamentos de propina no programa “Patrulha do Campo”, responsável por obras em estradas rurais. Richa é investigado pelos crimes de corrupção passiva e fraude à licitação, referentes aos períodos de 2011 e 2018. A Operação Rádio Patrulha gerou a primeira prisão de Richa, no dia 11 de setembro de 2018, juntamente com sua esposa Fernanda Richa e seu irmão e ex-secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho (Pepe Richa), além de empresários. Foi uma prisão em família! Mas vale lembrar que três dias depois, Gilmar Mendes suspendeu as prisões, concedendo habeas corpus a Richa, extensivo a todos os outros acusados. Depois disso, Beto Richa foi preso outra duas vezes por operações diferentes: a Quadro Negro, que apura o desvio de recursos da educação, mais de R$ 20 milhões e o tucano também foi preso na Operação Integração, que investiga um esquema de corrupção envolvendo a concessão de rodovias no Paraná. De acordo com as investigações, Richa teria sido beneficiário de pelo menos R$ 2,7 milhões em propina. Mesmo com tantos processos de corrupção, o ex-governador do Paraná segue solto. Vejam mais detalhes CLIQUE AQUI.

Nenhum comentário: