href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Doação de terrenos garante expansão industrial e investimentos de R$ 8 milhões

Mais 15 empresários conquistaram terrenos para edificação de sede própria e expansão de seus empreendimentos em parques industriais. Ao receberem os imóveis repassados através do Programa de Desenvolvimento de Apucarana (Prodea), as empresas se comprometeram a investir, no período de dois anos, mais de R$ 8 milhões e a gerarem cerca de 400 empregos. Os documentos de cessão foram assinados e entregues nesta terça-feira (06/08) pelo prefeito Junior da Femac, em ato realizado no gabinete municipal e que contou também com a presença do secretário municipal de Indústria e Comércio, Edison Estrope, e os vereadores Mauro Bertoli (representando a presidência da Câmara Municipal) e José Airton Araújo “Deco”. Os terrenos doados, que somam uma área de 34 mil metros quadrados, estão situados nos parques industriais Zona Norte, Juruba, Berté, Galan e no Distrito de Pirapó. Além de destacar a estrutura diferenciada disponibilizada no Parque da Juruba, Junior da Femac anunciou pavimentação de trechos de ruas e avenidas em outros três parques industriais. “No Parque Galan, a empresa que executará a obra será conhecida no dia 13 de agosto e, no Parque Berté, o processo licitatório vai transcorrer no começo de setembro”, informou Junior da Femac, acrescentando que as obras no Parque Industrial Norte já estão em andamento. O prefeito também anunciou a aquisição de cursos de capacitação para trabalhadores e empresários. “Vamos adquirir R$ 150 mil para cursos profissionalizantes, mas que sejam importantes para as empresas e que tenham empregabilidade. Também vamos adquirir consultoria para os empreendedores, no valor de R$ 100 mil. Ser empresário é uma vocação, mas também é necessário que eles se preparem e se capacitem”, avalia Junior da Femac. O prefeito fez ainda um balanço da política de atração de empresas, informando que no primeiro semestre, empreendedores de fora anunciaram investimentos de R$ 140 milhões. “O diferencial de Apucarana é a diversificação. Não apostamos em um único segmento e, por isso, a cidade consegue superar com menos dificuldade cenários de crise econômica”, pontua. Junior da Femac também destacou o setor industrial e a capacidade que Apucarana tem de atrair investimentos de vários locais do País. “Quem gera emprego é o empresário, sobretudo o industrial, pois ele cria valor, por exemplo, ao transformar um tecido em camiseta ou quimono. Por ter essa economia diversificada, pela magia da transformação da matéria prima em riquezas, pelos bons indicadores sociais e de segurança, pelos incentivos e atrativos, é que Apucarana segue firme no caminho do desenvolvimento”, frisa Junior da Femac, citando como mais um diferencial o fato de ter há poucos dias anunciado o ensino de espanhol na rede municipal de ensino, ao lado do inglês que já é ofertado desde 2013LEIA MAIS

Nenhum comentário: