href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Crianças são ejetadas de carro após capotamento na BR-376; ao todo seis pessoas ficaram feridas

Seis pessoas ficaram feridas, entre elas duas crianças de 4 e 6 anos, após acidente registrado na madrugada deste domingo (4), no km 193 da BR 376, em Marialva. Um VW Golf com placas de Sarandi, capotou sobre a pista e adentrou no meio de uma vegetação. Ao todo 6 pessoas estavam neste veículo, sendo condutor e esposa, ambos com 27 anos, um casal de filhos, de 4 e 6 anos e também um casal de amigos, uma adolescente de 14 e um rapaz de 19 anos. Todas as vítimas sofreram lesões médias e graves, sendo encaminhadas para hospitais de Sarandi e Maringá. As crianças, que não dispunham de cadeirinha, foram ejetadas para fora do veículo. Uma delas, a de 4 anos, foi levada em estado grave ao Hospital. Informações levantadas por agentes da PRF, indicam que esta família retornava da região de Maringá, para Marialva, onde residem, de um evento festivo. O condutor, que também sofreu ferimentos graves, se recusou a se submeter ao teste de alcoolemia, além de não possuir CNH. Ao todo foram extraídos 4 autos de infração para o veículo, sendo: não possuir CNH, recusa em se submeter ao teste de alcoolemia, excesso de passageiros e não portar dispositivos de retenção para crianças (cadeirinha), totalizando quase R$ 5.000,00 em multas. Também houve o recolhimento deste veículo, ao pátio conveniado da PRF. Além da PRF, compareceram para auxílios no resgate, ambulâncias do Samu, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Concessionária local. A PRF fará o Boletim de Acidente de Trânsito e o encaminhará à Autoridade Policial. Informações do portal Tn Online.

Nenhum comentário: