href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Vigilância, Receita Federal e PRF apreendem 3 toneladas de carne irregular em Mandaguari

Uma ação conjunta entre Vigilância Sanitária de Mandaguari,Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal apreendeu nesta terça-feira (9) quase 3 toneladas de carnes transportadas ilegalmente, sem condições de higiene e armazenamento dentro de um caminhão baú que deveria ser utilizado para o transporte de mudança.Ao ser parado no posto rodoviário de Mandaguari, policiais desconfiaram do que era transportado e solicitaram ao motorista para abrir o baú do caminhão. Dentro havia 2.800 quilos de carnes de boi, frango e porco e ovos. Toda a mercadora era transportada em baú sem refrigeração, sem armazenamento adequado e sem nota fiscal.O coordenador da Vigilância, Adriano Borges, foi chamado pelos policiais e constatou a irregularidade no transporte da carga. “Carnes devem ser transportadas em câmara refrigerada, muito bem embaladas, armazenadas em prateleiras e contendo a procedência e a nota fiscal. O que vimos ali é totalmente irregular, com carnes sem embalagens, jogadas no chão empilhadas junto com os ovos e sem nenhuma documentação. Um transporte de carga de alimento em total desacordo com o Código Sanitário 5711/2002, artigo 543, incisos 4, 13, 30 e 34”.A mercadoria foi apreendida e descartada de maneira correta no aterro sanitário, onde foi feita uma vala para dispensar a carne, que recebeu cal e foi aterrada.De acordo com o motorista, que nega ser dono da carga, os produtos são procedentes de Maringá e seriam entregues na cidade de Londrina. Fonte: TNOline.

Nenhum comentário: