href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Polícia Militar Ambiental de Apucarana recebe denúncia de poluição de afluente do Rio Pirapó


A Polícia Militar Ambiental de Apucarana informou por volta das 18h30 desta sexta-feira 05/07, que recebeu uma denúncia anônima, relatando que estaria acontecendo poluição em um curso hídrico afluente do Rio Pirapó, no fundo de um frigorífico na cidade de Apucarana.A equipe Ambiental  ao realizar diligências as margens do córrego,que fica nos fundos da empresa, verificou-se uma espuma densa em vários pontos, até que em um determinado ponto do córrego constatou-se o descarte de efluentes oriundos da referida  empresa, local esse com muita espuma e cheio característico de matadouro. Foi então feito contato com o gerente administrativo da empresa que alegou desconhecimento dos fatos, porém fora também  constatado que a licença de operação da empresa não prevê qualquer descarte em curso hídrico.  Após contato telefônico,  membros do Ministério Público, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e IAP  foram até o local do descarte do efluente,  sendo que funcionários do IAP ficaram responsáveis pela coleta de material para análise laboratorial. Diante de tal situação foi dado voz de prisão ao gerente da empresa, responsável no local, qual foi encaminhado  até a 17ª Subdivisão Policial de Apucarana para os trâmites cabíveis. O caso será investigado.Fotos: Divulgação Polícia Militar Ambiental.

Nenhum comentário: