href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Polícia indicia pai de crianças que morreram afogadas por homicídio culposo

A Polícia Civil de Faxinal (Vale do Ivaí) concluiu o inquérito sobre o acidente que acabou com a morte de três crianças por afogamento, no fim do mês de maio, após o carro da família cair em uma ponte, na zona rural do município. No relatório final, o delegado Ricardo Mendes pediu o indiciamento do pai das crianças por três homicídios culposos, quando não há intenção de matar. A mãe das crianças não foi indiciada pois quem estava dirigindo o carro no momento do acidente era o pai. Durante os depoimentos, segundo o delegado, os pais informaram que, como era um dia de chuva, não tinha o que fazer no sítio onde eles moravam. Assim, decidiram ir para a cidade por uma ponte que ainda não estava interditada. De acordo com relatos do pai para a polícia, carros ainda estavam passando pela ponte, o que o encorajou a passar pelo local. Sobre o acidente em si, o pai não sabia relatar se ele acabou errando o acesso a ponte, fazendo com o carro caísse no rio, ou se o veículo acabou aquaplanando durante a travessia. No momento em que o carro já estava no rio, eles acreditavam que pararia em uma cerca próxima, o que não aconteceu, fazendo com que a parte da frente do automóvel afundasse rapidamente, não dando tempo de tirar as crianças de dentro. Os corpos das crianças foram encontrados um dia após o acidente, em um riacho na zona rural de Faxinal. Fonte: O Bonde.

Nenhum comentário: