PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Patrulha do Porto Ubá divulga nota sobre a fatalidade em Faxinal

A Patrulha Ambiental, do Porto Ubá, em Lidianópolis, grupo de pescadores voluntários que patrulha o Rio em defesa do meio ambiente e colaboram com outras causas na região, e que foi fundamental na localização do veículo, onde estavam aqueles três irmãos que morreram afogados, em Faxinal, no dia 28 de maio, de 2019, divulgou uma nota oficial para relatar o que realmente aconteceu. Leia nota conforme enviada: "No dia 28/05/2019, às 18;30, recebemos informação de um desastre natural ocorrido no área rural de Faxinal, local de difícil acesso, devido as fortes chuvas que caíram, um Rio transbordou e uma família, com um veículo, foi atravessar uma das pontes que estava submersa pelas águas, foi arrastado pela correnteza e três crianças desapareceram no Rio. Em posse dessas informações, a Patrulha Ambiental -"ONG AMBIENTAL", legalmente constituída em seu estatuto social, determina, como jurisdição, toda região vale do Ivaí, desenvolvendo diversos trabalhos nas áreas de Defesa Civil, Educação, Conscientização e Preservação Ambiental.
Com essas informações, o Coordenador Geral e Diretor Presidente designou que a equipe composta por 09 patrulheiros, 02 veículos e uma embarcação motorizada, fosse para o local analisar a situação, porem no meio do trajeto, devido as fortes chuvas que caiam no momento, e estrada de difícil acesso, conversamos com um senhor e pedimos se poderíamos deixar o veículo e a embarcação em sua propriedade, que é o conhecido Hotel Luar de Agosto. Depois seguimos viagem com uma caminhonete traçada da Patrulha, levando toda a equipe, deixamos a embarcação, porque fomos informados que, os bombeiros estavam no local e, dentro da normalidade, como se tratava de busca em rio, com certeza tinham embarcação. Chegamos ao local do ocorrido às 20;30 horas, e realmente estavam os Bombeiros a Defesa Civil e o IML, mas já tinham encerrado as buscas e estavam indo embora para voltar no outro dia. Realmente não tinha embarcação. Em conversa com a equipe de patrulheiros, decidimos verificar a área e tomar ciência da situação. Ficamos perplexos pelo tamanho do riacho e a grave ocorrência, vez que somos acostumados a trabalhar em rios mais grandes com grande volume de água. Em vistoria preliminar, vimos que o local oferecia alguns cuidado para se fazer a varredura e também muita experiência e persistência. Apesar de pequeno, o rio era profundo e, em sua margens, rodeado por uma extensa camada de capim e muito barro ao fundo leito do rio, porem nessa vistoria preliminar, não foi possível ter uma noção detalhada do local, pois já era noite. A única certeza que tínhamos, que, só seria possível continuar a procura e fazer uma varredura no local, se tivéssemos uma embarcação. Com esse mapeamento, consultamos os integrantes da Patrulha e todos foram unânimes em querer ficar, dada a comoção e a tristeza pelo ocorrido. Só de olhar para o rio e saber que ali havia um veículo com 03 crianças, nos encheu de força, fé e coragem. Mesmo diante da dificuldade, de ser noite, da chuva que caía e distância de onde deixamos a embarcação, com uma estrada quase que impossível de trafegar, decidimos, em comum acordo. Buscamos o barco e com a chegada, às 00:10 horas, de 29 de maio, colocamos a embarcação na água e, por volta das 01:30 horas, logramos êxito em encontrar o veículo submerso em uma profundidade de aproximadamente 3 metros. Marcamos e sinalizamos o local, fizemos contato com o corpo de bombeiro e aguardamos em vigília, a chegada dos Bombeiros e IML, às 08 :40 horas do dia 29/06/2019, para a retirada do veículo, vindo a confirmar as morte das 03 crianças que estava no interior do veículo", diz a nota. PATRULHEIROS QUE PARTICIPARAM: Diretor Presidente: Andre Faian Delfino; coordenador da operação- Marildo Oliveira e membros: Carlos Eduardo de Souza, Sub Coordenador; Salvino da Silva Sub Coordenador; Jose Carlos Bento Sub Coordenador e os patrulheiros: Paulo Cesar Machado, Valdir Gonçalves, Mauricio de Oliveira e Felipe Andre de Souza Oliveira.

Nenhum comentário: