PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

terça-feira, 18 de junho de 2019

IVAIPORÃ - Prefeitura acompanha ligação dos motores-bombas de água nas comunidades do Cruzeirinho e Severiano, onde Sanepar executa obras

A equipe da Sanepar ligou os motores-bombas dos poços que irão abastecer as comunidades do Cruzeirinho/Santa Luzia e Severiano. O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, acompanhou os trabalhos da equipe da Sanepar com o vice-prefeito Ilson Gagliano, vereador Aparecido Montanheri (Sabão) e o encarregado do setor de recape, Sebastião Pereira Júnior. A vazão do poço na comunidade do Cruzeirinho é de 4 metros cúbicos de água por hora, enquanto a vazão do poço na comunidade do Severiano é de 6 metros cúbicos de água por hora. A rede de água na comunidade do Severiano é de 10.216 metros de rede e nas comunidades do Cruzeirinho e Santa Luzia a rede de água é de 8.156 metros de tubos – totalizando 18.373 metros de rede. Segundo o gerente regional da Sanepar Apucarana, Luiz Jacovassi, são 2 reservatórios elevados que abastecem as comunidades do Cruzeirinho/Severiano (20 mil litros de água) e Santa Luzia (15 mil litros de água). O próximo passo é lavar o reservatório e limpar a rede para abastecer as comunidades, onde foram investidos R$900 mil nas obras. Trata-se da sequência dada ao contrato estabelecido entre a Prefeitura de Ivaiporã e a Sanepar, que previa a execução de obras de abastecimento de água nas comunidades do Cruzeirinho, Santa Luzia e Severiano. “É uma importante obra de saneamento básico, porque as famílias que residem nas comunidades do Cruzeirinho, Santa Luzia e Severiano aguardam há 2 anos para ter água de qualidade. Afinal, irá refletir na saúde da população”, comemorou Miguel Amaral, que agradeceu ao governador Carlos Massa Ratinho Júnior, presidente da Sanepar, Cláudio Stabile, gerente regional da Sanepar Apucarana, Luiz Jacovassi, e ao gerente da Sanepar de Londrina, Rafael Malaguido. Antônio Sinhoreto, que cedeu o terreno à Sanepar para instalação do poço na comunidade do Cruzeirinho, acompanhou a ligação do motor-bombas e se mostrou muito feliz em ver a água. “O poço foi furado há 10 anos. Mas a obra iniciou há 2 anos. Agora, a esperança das comunidades é ter água em casa nos próximos 30 dias”, comentou Antônio Sinhoreto.

Nenhum comentário: