PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

segunda-feira, 3 de junho de 2019

IVAIPORÃ - Prefeito Miguel Amaral luta por implantação do curso Técnico Integrado em Fruticultura no distrito do Santa Bárbara

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, se reuniu com o diretor da Escola Estadual do Campo do Santa Bárbara, Gilvani da Silva Wiedermann, secretária municipal de Educação, Rose Sirço, diretor do Departamento Municipal de Agricultura, Adir Salla, e com a engenheira agrônoma Maria Helena da Cruz, que coordena o programa Ivaiporã Frutifica, mantido pela Prefeitura de Ivaiporã. O objetivo foi estabelecer parceria com produtores da agricultura familiar para implantar o curso Técnico Integrado em Fruticultura. Miguel Amaral defendeu que o importante é incentivar fontes de renda no município e potencializar os distritos oferecendo estratégias de geração de emprego e renda. Segundo Gilvani Wiedermann a finalidade é formar crianças e adolescentes – além de incentivar a permanência na propriedade rural e a diversificação da agricultura familiar. Por isso, a finalidade é começar com o curso Técnico Integrado em Fruticultura. O diretor explicou que foi estabelecida parceria com o Governo do Estado e Prefeitura de Ivaiporã. “Se o projeto de implantação do curso Técnico Integrado em Fruticultura for concretizado será necessário haver parcerias com produtores rurais. Além disso, o estágio terá que ser supervisionado”, explicou Gilvani Wiedermann. Também participaram da reunião alguns produtores rurais que integram o programa Ivaiporã Frutifica: Sidnei Reis de Oliveira (uva – Jacutinga), Arcindo Ravar Filho (abacate – Jacutinga), Edson Magri (goiaba – Jacutinga) e Silvia Bagio da Silva (morango – Ivaiporã). A reunião aconteceu após o prefeito Miguel Amaral e a coordenadora geral da equipe de ensino, Lígia Belcamino, oficializar o pedido para que o Escola Estadual do Campo do Santa Bárbara de Ivaiporã seja transformada em Colégio Agrícola. O pedido foi protocolado, no dia 22 de maio, na Secretaria de Estado da Educação, em Curitiba, onde o estudo de implantação foi autorizado a ser feito pelo Núcleo Regional de Educação de Ivaiporã. O próximo passo será a realização de uma audiência pública e elaborar o processo de implantação contendo os recursos físicos e humanos, professores habilitados e a demanda de estudantes.

Nenhum comentário: