href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Conferência em Borrazópolis discute segurança alimentar e nutricional

O encontro foi realizado no Salão da Terceira Idade e contou com palestras e vários debates com os grupos participantes
Com o tema “Comida no campo e na cidade: o que temos e o que queremos”, Borrazópolis realizou na segunda-feira 10 de junho de 2019, a 3ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. Uma iniciativa da Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), onde foi debatido três eixos temáticos: Alimentação como princípio de existir; Desafios e possibilidades na construção da política pública; e a geografia da fome e o desperdício de alimentos. Autoridades como o prefeito municipal em exercício Joel Gralak Pereira, secretaria de desenvolvimento social Regina Giardini, secretario de agricultura Alessandro Canello, chefe da SEAB Vitória, Presidente do CONSEA Estadual Roseli Pittner, Padre Paulo, presidente do Consea Valdemiro Stapait além dos vereadores Wellyngton Jhonis e Rosi Cerqueira, estiveram participando. Além de membros da comunidade, representantes da Emater, Grupo da Melhor Idade, diretores e agricultores. A realização das conferências é um componente obrigatório na estruturação do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN), que é um sistema público, semelhante ao SUS, instituído em 2006 pela Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional para assegurar o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA). Houve ainda uma apresentação com as alunas Rosina Krause e Natalia Pimenta da professora Jurema Pereira Gralak da Escola Municipal Dom Bosco onde fizeram uma encenação denominada “receita de Família”. Trabalho desenvolvido no projeto de educação Alimentar e Nutricional – EAN “Cozinha afetiva: receitas de família” idealizadas e coordenadas pela nutricionista Patricia Pires juntamente com a equipe da secretaria municipal de educação, diretores, coordenadores e professores das escolas municipais.

Nenhum comentário: