PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

quarta-feira, 22 de maio de 2019

São Pedro do Ivaí recebe recursos do Programa Microbacias

O Programa de Gestão de Solo e Água em Microbacias, coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), tem como objetivo recuperar e manter a capacidade produtiva dos recursos naturais, com base na gestão de microbacias hidrográficas. No município de São Pedro do Ivaí, em trabalho conjunto da Prefeitura Municipal e Instituto Emater, estão sendo executados serviços de construção de terraços para os agricultores, com recursos do Programa Microbacias. Em 2018 um minucioso levantamento foi realizado para elaboração do plano de ação, e logo em seguida criado o plano de trabalho da microbacia, denominada “Cambara”, com previsão de serviços em uma área de 980 hectares. Em audiência pública com agricultores da microbacia foram constatados sérios problemas de erosão nas propriedades rurais. Com estas informações, recurso foi direcionado para a resolver os problemas de erosão, uma das principais metas do programa. O programa, desde seu lançamento, passou por algumas alterações que levaram à readequação do projeto em São Pedro do Ivaí, sendo que o início tão esperado dos trabalhos de campo felizmente ocorrera em março deste ano. Trabalhos estes que contam com a readequação do sistema de conservação de solo e água das propriedades rurais, especificamente a construção de terraços. O investimento do programa no projeto da microbacia Cambara será de R$ 210.000,00, que trará benefícios para mais de 60 agricultores da microbacia, com trabalhos já em andamento. Em adição, a Prefeitura Municipal de São Pedro do Ivaí assumiu o compromisso de readequar as estradas municipais, interligando o sistema de conservação de solo e água das estradas ao das propriedades rurais, e com isso fica garantido o escoamento das safras e trânsito interno na extensão da microbacia. O trabalho deve ser intensificado em meados de agosto, logo após a colheita do milho safrinha, e antes do plantio da safra de verão, para aproveitar a janela em que as áreas estão sem culturas instaladas. Segundo Leandro Cividini, técnico do Instituto Emater, os trabalhos serão concluídos antes do plantio da soja. Cividini relata que os beneficiários afirmam saber da necessidade dos trabalhos em suas áreas, mas não reúnem condições financeiras, e o Programa de Gestão de Solo e Água em Microbacias veio para ajudá-los e contribuir com o desenvolvimento rural local e regional.

Nenhum comentário: