href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

segunda-feira, 6 de maio de 2019

Relacionamento extra conjugal vira caso de polícia em Ivaiporã


A Polícia Militar de Ivaiporã foi chamada por volta das 04h da madrugada deste sábado 04/05, para atender um caso de lesão corporal e violência doméstica que aconteceu na Rua Santa Catarina. No local, a mulher contou para a PM, que há 13 anos possui um relacionamento extra conjugal com uma pessoa. Que ela foi num baile e que o homem ao saber ficou alterado. Ele começou a ligar sem parar, ela então foi pra casa dela, mas ao chegar lá, o homem chegou e pediu para conversar com ela no carro. Segundo a mulher, o amante muito alterado começou a desferir tapas, tentou enforcar e sacou uma arma a ameaçando de morte. A vítima contou que eles saíram com o carro e na Avenida Castelo Branco o homem a jogou para fora do veículo segurando pelo cabelo chegando a arrasta-la na via e vindo a arrancar dela um tufo de cabelo. Depois que voltaram para a residência a vítima subiu as escadas correndo, mas o homem correu atrás e novamente a agarrou e a arrastou pela rua. O acusado só parou pois a filha da vítima, menor de idade, chegou e pediu para que o homem não bater mais na mãe. Depois o agressor entrou no carro e fugiu. A vítima ainda disse que faz tempo que tenta acabar com a relação, mas que ele não aceita e a persegue por todos os lugares.  De acordo com a PM, a mulher possuía lesões aparentes em pescoço, boca e braços. O agressor não foi encontrado.

Nenhum comentário: