PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

terça-feira, 28 de maio de 2019

Polícia pede mais tempo para concluir as investigações sobre morte de Eduarda Shigematsu

A Polícia Civil pediu a prorrogação do prazo para concluir o inquérito sobre a garota Eduarda Shigematsu de 11 anos, que foi encontrada morta em Rolândia. O delegado Bruno Rocha pediu à Justiça mais 30 dias para encerrar as investigações. O delegado explicou que depois de analisar a documentação mais diligências precisarão ser feitas. O prazo inicial para a conclusão era nesta quinta-feira (30).No dia 21 de maio, a Polícia Civil recebeu o laudo das perícias realizadas em cinco celulares apreendidos. O relatório com 100 mil páginas foi analisado pelo delegado e investigadores.Eduarda desapareceu no dia 24 de abril, quatro dias depois, a Polícia Civil encontrou o corpo enterrado nos fundos de uma casa que pertence ao pai da menina, Ricardo Seidi. O homem foi preso e confessou ter enterrado o corpo da filha após, segundo ele, ter achado a garota morta. Porém o laudo do Instituto Médico Leal, IML contesta a versão dele. Seidi foi preso por suspeita de ocultação no mesmo dia em que o corpo foi achado. A avó de Eduarda, Terezinha Guinaia, também foi presa no dia 30 de abril suspeita de envolvimento no crime. Os dois continuam presos.O caso segue sendo investigado. Fonte: G1.

Nenhum comentário: