PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

domingo, 26 de maio de 2019

Jovens ateiam fogo em cobertor de morador de rua que dormia em ponto de ônibus no PR

Três jovens acusados de terem praticado o crime foram presos em flagrante.
Um morador de rua que dormia em um ponto de ônibus na Avenida das Nações, bairro Estação, em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, sofreu um atentado na madrugada deste domingo (26). Ele teve os cobertores, o colchonete e as roupas queimadas intencionalmente. Três jovens acusados de terem praticado o crime foram presos em flagrante. De acordo com a Polícia Militar (PM), que atendeu ao primeiro chamado de uma testemunha, o morador de rua dormia embaixo de um ponto de ônibus, quando três rapazes se aproximaram e atearam fogo. O soldado Jovano disse à Banda B que eles estavam a pé. “Com essa previsão de frio, esse andarilho estava com bastante cobertas, colchonete e tudo mais. Passaram esses três jovens, não sei o que passou na cabeça desses indivíduos, e atearam fogo nas roupas e coisas desse andarilho. Uma testemunha viu o que aconteceu, acompanhou esses jovens que estavam a pé, a testemunha estava de carro e nós os abordamos”, descreveu o soldado. Ainda segundo Jovano, os rapazes negaram, mas chegaram a contar uma versão para a testemunha. “Quem viu eles ateando fogo contou que um deles confessou que tinha ateado fogo porque esse homem seria um suposto estuprador que ele tinha visto em uma publicação na internet. Mas, para nós, os três negaram. Em uma noite gelada, essa testemunha estava com a família, passeando, foi até a gente, foi categórica em afirmar tudo que tinha visto”, confirmou o soldado à Banda B. Uma equipe da PM foi até o ponto de ônibus, mas encontrou apenas os cobertores e o colchonete queimados. “A vítima foi procurada pela viatura, não sabíamos se estava ferido ou não esse andarilho, mas não o encontramos. Até o momento, ninguém o encontrou. Provavelmente, ele conseguiu fugir e assustado não voltou”, finalizou. Não há confirmação se o morador de rua ficou, de fato, ferido com as chamas. Mesmo assim, os três acusados de atearem fogo – de 22, 24 e 28 anos – foram presos pelos crimes de danos ao patrimônio público e privado. Informações do portal da Rádio Banda B.

Nenhum comentário: